Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Optou por não contestar

Cristiano Ronaldo vai demolir marquise em Lisboa

12 ago, 2021 - 19:44 • Redação

O jogador tinha 15 dias para "repor a legalidade" da obra, ou 30 dias "para submeter um processo de legalização".

A+ / A-

Cristiano Ronaldo aceitou demolir a marquise que foi construída no terraço de um apartamento, em Lisboa.

A Câmara de Lisboa recebeu uma exposição de representantes de Cristiano Ronaldo a manifestar a intenção de repor o imóvel "de acordo com o projeto aprovado", segundo noticia o Jornal de Notícias, ou seja, de remover a estrutura.

Esta quinta-feira era o dia em que terminava o prazo para o futebolista português apresentar a defesa para a construção ilegal da marquise.

"A Câmara Municipal de Lisboa recebeu a exposição apresentada em sede de audiência de interessados pelo representante do proprietário, através da qual manifesta a intenção de repor o imóvel de acordo com o projeto aprovado", informou o Urbanismo da CM de Lisboa, citado pelo Jornal de Notícias.

O internacional português recebeu uma notificação da autarquia no dia 21 de julho, com duas possibilidades a tomar para resolver o problema da construção ilegal.

O jogador tinha 15 dias para "repor a legalidade" da obra, ou seja, remover a construção da marquise, ou 30 dias "para submeter um processo de legalização".

Cristiano Ronaldo vai optar pela demolição da estrutura e repor o terraço do apartamento, que custou sete milhões de euros, à forma original.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+