Tempo
|
Autárquicas 2021
34,22%
148Câmaras
13,2%
72Câmaras
10,81%
31Câmaras
8,21%
19Câmaras
5,54%
19Câmaras
4,16%
0Câmaras
2,75%
0Câmaras
1,5%
6Câmaras
1,3%
0Câmaras
14,18%
13Câmaras
  • Freguesias apuradas: 3092 de 3092
  • Abstenção: 46,35%
  • Votos Nulos: 1,58%
  • Votos em Branco: 2,50%

A+ / A-

Papa lança apelo. Vacinar-se contra a Covid-19 é um “gesto de amor”

18 ago, 2021 - 07:24 • Marta Grosso com redação

Francisco participa na campanha mundial “É contigo”, que defende a “vacinação de todos e para todos”.

A+ / A-
Papa lança apelo. Vacinar-se contra a Covid-19 é um “gesto de amor”
Papa lança apelo. Vacinar-se contra a Covid-19 é um “gesto de amor”

Veja também:


O Papa Francisco lança nesta quarta-feira um forte apelo à vacinação contra a Covid-19. Num vídeo em que junta a sua voz à dos bispos da América do Norte e do Sul, elogia o trabalho de investigadores e cientistas na produção de vacinas seguras e eficazes e exorta as pessoas a serem vacinadas.

“Graças à graça de Deus e ao trabalho de muitos, agora temos vacinas para nos proteger da Covid-19”, afirma o Papa na mensagem feita em nome da organização norte-americana sem fins lucrativos Ad Council e da aliança de saúde pública COVID Collaborative.

As vacinas “dão-nos esperança para acabar com a pandemia, mas apenas se estiverem disponíveis para todos e se trabalharmos juntos”, afirma.

“A vacinação é uma forma simples, mas profunda de promover o bem comum e cuidar uns dos outros, especialmente dos mais vulneráveis. Rezo a Deus para que todos possam contribuir com seu próprio grão de areia, seu pequeno gesto de amor”, refere na última mensagem de vídeo.

A campanha pela vacinação de todos e para todos “É contigo” é promovida pela “Ad Council” e a “COVID Collaborative” com o objetivo de promover a confiança nas vacinas contra a Covid-19.

Esta ação conta a participação de mais de mil personalidades políticas, do mundo da medicina e de várias religiões, onde se contam seis cardeais e arcebispos dos Estados Unidos e da América do Sul e Central e líderes das confissões religiosas protestantes, evangélicas, judaicas e inter-religiosas.

Francisco foi vacinado em março, dizendo na altura que era uma obrigação ética.

As vacinas estão amplamente disponíveis nos países mais desenvolvidos, mas a desconfiança e a hesitação sobre as vacinas recém-desenvolvidas fizeram com que muitas pessoas se recusassem a tomá-las, deixando-as especialmente vulneráveis à medida que a variante Delta se espalha. Em contraste, as nações mais pobres ainda não têm acesso ao medicamento em grande escala.

Os especialistas alertam que, se o vírus puder circular em grandes grupos de pessoas não vacinadas, deverão aparecer variantes cada vez mais perigosas.

A pandemia provocou pelo menos 4.370.427 mortes em todo o mundo, entre mais de 207,84 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.


Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+