Tempo
|

35,42%
47 Deputados
25,24%
28 Deputados
9,05%
7 Deputados
6,37%
3 Deputados
4%
1 Deputados
3,09%
1 Deputados
1,38%
0 Deputados
1,25%
0 Deputados
1,11%
0 Deputados
5,15%
5 Deputados
  • Freguesias apuradas: 2495 de 3092
  • Abstenção: 45,06%
  • Votos Nulos: 5,44%
  • Votos em Branco: 2,48%

Total esquerda: 57Mandatos
Pan: 1Mandatos
Total direita: 34Mandatos
A+ / A-

Papa engrandece a importância do serviço nacional de saúde e deixa recados à Igreja

11 jul, 2021 - 11:46 • Aura Miguel , João Carlos Malta

Francisco voltou a aparecer em público depois de, há uma semana, ter sujeito a uma intervenção cirúrgica.

A+ / A-
Papa volta a aparecer em público após cirurgia. "Senti muito a vossa proximidade"
Papa volta a aparecer em público após cirurgia. "Senti muito a vossa proximidade"

O Papa voltou a aparecer este domingo em públlico depois de ter estado internado, em Roma. Francisco foi sujeito a uma intervenção intestinal programada e aproveitou o momento para fazer uma reflexão sobre a importância da gratuitidade da saúde. No mesmo discurso apelou a que a Igreja não olhe ao lucro quando se fala de cuidados de saúde.

Na celebração do Angelus deste domingo, o Papa dirigiu-se aos fiéis e agradeceu: "Estou contente por poder manter o encontro dominical do Angelus, também a partir da Policlínica Gemelli. Agradeço-vos a todos: senti muito a vossa proximidade e o apoio das vossas orações. Obrigado de todo o coração!"

Na aparição no Vaticano, o Sumo Pontífice apareceu rodeado de crianças com doença oncológico.

Francisco sublinhou que nestes dias de internamento, "experimentei a importância de um bom serviço de saúde, acessível a todos, como existe em Itália e noutros países".

"Um sistema de saúde que garanta um bom serviço acessível a todos. Não se pode perder este bem este precioso. É preciso mantê-lo! E para isso todos nos devemos empenhar, porque serve a todos e pede a contribuição de todos", referiu.

O Papa aproveitou ainda para expressar o apreço e incentivo aos médicos e a todos os profissionais de saúde e funcionários do hospital. "E rezemos por todos os doentes, especialmente pelos que se encontram em condições mais difíceis: que nenhum fique sozinho, que cada um possa receber a unção da escuta, da proximidade e do cuidado. Pedimo-lo por intercessão de Maria, nossa Mãe, Saúde dos enfermos", rematou.

Nesta altura, acrescentou que também na Igreja em casos de má gestão económico de instituições ligadas à saúde, por vezes, "a primeira ideia que surge é vendê-la". "Mas a vocação na Igreja não é ter lucro, é prestar serviços, um serviços gratuito. Não se esqueçam disto, salvar as instituições gratuitas de saúde", reforçou.

"E para isso todos nos devemos empenhar, porque serve a todos e pede a contribuição de todos", acrescentou.

O Papa aproveitou ainda para expressar o apreço e incentivo aos médicos e a todos os profissionais de saúde e funcionários do hospital. "E rezemos por todos os doentes, especialmente pelos que se encontram em condições mais difíceis: que nenhum fique sozinho, que cada um possa receber a unção da escuta, da proximidade e do cuidado. Pedimo-lo por intercessão de Maria, nossa Mãe, Saúde dos enfermos", rematou.

No final, o Papa dirigiu um apelo para que deponham as armas no Haiti. "Escolham a vida e vivam fraternalmente no interesse de todos e no interesse do Haiti. Estou próximo do povo haitiano. Espero que acabe a espiral de violência, e que a nação possa retomar o caminho para um futuro de paz e de concórdia", finalizou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+