Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Professores. Pedro Nuno Santos promete pagar tempo de serviço mais depressa

09 fev, 2024 - 22:48 • Ricardo Vieira

No debate com Rui Tavares, do Livre, o secretário-geral do PS garantiu que, se ganhar as legislativas, vai também melhorar os primeiros escalões de entrada da carreira docente.

A+ / A-

Veja também:


Se for eleito primeiro-ministro, Pedro Nuno Santos garante que vai devolver aos professores todo o tempo de serviço em quatro anos, e não em duas legislaturas. O líder do PS deixou a promessa no debate, na RTP3, com o porta-voz do Livre, Rui Tavares.

“Vamos conseguir fazer numa legislatura. Apresentaremos as nossas contas no domingo. A devolução integral do tempo de serviço é uma questão de justiça, de principio", promete o líder do PS.

Em entrevista à Renascença, a 7 de dezembro, Pedro Nuno Santos admitiu que podia precisar de duas legislaturas para pagar o tempo de serviço aos professores.

Pedro Nuno Santos adiantou esta sexta-feira, no frente a frente com Rui Tavares, que o programa de governo do PS vai ter outra medida para os professores: "O tempo de serviço será reposto além de melhorarmos os primeiros escalões de entrada da carreira docente para tornar a carreira mais atrativa. Teremos que fazer isso em negociação. Temos as contas feitas”.

O porta-voz do Livre recorda que o partido já propunha, no programa eleitoral de 2015, a devolução do tempo integral de serviço aos professores.

Rui Tavares diz que há falta de professores e é preciso respeitar a profissão e tornar "a carreira desejável" para atrair jovens.

Ainda na área da educação, Rui Tavares defende um modelo inspirado nas unidades de saúde familiar, com os professores a proporem o tipo de escola e a forma com deve ser governada.

O deputado defende que nos primeiros 100 dias de governação é necessário abrir um processo negociação com os sindicatos na educação, mas também na saúde e nas forças de segurança, para reforçar a aposta nos serviços públicos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+