A+ / A-

Marcelo diz que "terá oportunidade de dizer o que pensa", mas não fala esta quarta-feira

03 mai, 2023 - 19:39 • João Malheiro

Marcelo Rebelo de Sousa saiu do Palácio de Belém em silêncio.

A+ / A-

O Presidente da República recusou-se a comentar a situação política do país aos jornalistas, mas garantiu que "terá a oportunidade de dizer o que pensa" mais tarde.

Marcelo Rebelo de Sousa saiu do Palácio de Belém em silêncio, depois do primeiro-ministro ter recusado a demissão do ministro das Infraestruturas, João Galamba.

"Certamente que eu terei oportunidade de dizer aos portugueses o que é que penso, mas não agora, não agora, hoje não", respondeu aos jornalistas, na Calçada da Ajuda, em Lisboa, após sair do Palácio de Belém a pé para jantar num restaurante ali perto.

Decisão que, em nota da Presidência, o chefe de Estado português já admitiu que discorda "quanto à leitura política dos factos".

"O Presidente da República, que não pode exonerar um membro do Governo sem ser por proposta do primeiro-ministro, discorda da posição deste quanto à leitura política dos factos e quanto à perceção deles resultante por parte dos portugueses, no que respeita ao prestígio das instituições que os regem", refere a mesma nota.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+