Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Mulher que matou mãe no concelho de Almada acusada de homicídio qualificado agravado

28 dez, 2023 - 14:38 • Lusa

Segundo a acusação, a mulher, "que se encontra avaliada como moderadamente psicopata", começou por dar "vários murros na face e cabeça da mãe e, depois, munida de uma faca de cozinha, desferiu golpes na face, peito e pescoço da vítima".

A+ / A-

Uma mulher que matou a mãe em junho passado na Cova da Piedade, em Almada, foi acusada de homicídio qualificado agravado, de acordo com uma nota hoje publicada pela Procuradoria da Comarca de Lisboa.

Na nota publicada no "site" da Procuradoria da República da Comarca de Lisboa, o Ministério Público de Almada deduziu acusação contra uma arguida pela prática de homicídio qualificado agravado.

De acordo com a mesma informação, os factos ocorreram entre a noite de 08 de junho e a madrugada seguinte, na residência que a arguida partilhava com a vítima, sua mãe.

Segundo a acusação, a mulher, "que se encontra avaliada como moderadamente psicopata", começou por dar "vários murros na face e cabeça da mãe e, depois, munida de uma faca de cozinha, desferiu golpes na face, peito e pescoço da vítima".

As lesões causadas pela filha acabaram por provocar a morte da vítima.

A arguida encontra-se em prisão preventiva, situação que o Ministério Público de Almada quer que se mantenha.

O inquérito foi dirigido pelo Ministério Público de Almada, distrito de Setúbal, com a colaboração da Polícia Judiciária.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+