Tempo
|
A+ / A-

Hospital de Sintra. Autarquia já gastou quase quatro milhões de euros a mais na construção

04 dez, 2023 - 18:12 • Marta Pedreira Mixão , Anabela Góis

Esta é a segunda aprovação extraordinária à obra, que excede já em quase quatro milhões o orçamento inicial.

A+ / A-

A Câmara Municipal de Sintra aprovou quase dois milhões euros para a realização de trabalhos complementares no novo Hospital de Sintra, esta é a segunda aprovação extraordinária, que excede já em quase quatro milhões o orçamento inicial.

Em comunicado enviado à Renascença, a autarquia informou que a aprovação de "trabalhos complementares da empreitada da construção do novo Hospital de Sintra no valor de 1 milhão e 828 mil euros", foi realizada durante a "reunião do executivo a 24 de novembro" e esclarece que "esta é a segunda modificação objetiva ao contrato que a autarquia realiza, totalizando já 3 milhões 994 mil euros de trabalhos completares".

O executivo camarário sintrense afirma que "esta é a segunda modificação objetiva ao contrato que a autarquia realiza, totalizando já 3 milhões 994 mil euros de trabalhos completares" e justifica que "os encargos destes trabalhos complementares de circunstâncias não previstas são relativos a especialidades de instalações, equipamentos e sistemas elétricos, sistema de segurança integrada, gestão técnica centralizada, centrais térmicas e zonas técnicas e AVAC".

O presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, citado na mesma nota, sublinha que, “no decurso da execução dos trabalhos, foram identificados e quantificados trabalhos não previstos necessários à boa conclusão da obra, cujo efeito se deve em muito à conjuntura económica do país”, referindo ainda que “todos os meses são realizadas reuniões entre a autarquia e o empreiteiro da obra de modo a verificar o bom andamento dos trabalhos do futuro hospital”.

A construção do novo hospital de proximidade, que funcionará em coordenação com o Hospital Amadora/Sintra, teve início durante o mês de agosto de 2021 e tinha entrega prevista pela autarquia ao Estado em abril de 2024, contudo, devido a estas obras a conclusão será adiada para finais de 2024, de acordo com o Governo.

Fonte da autarquia garante à Renascença que mantém a data de abril de 2024 para a conclusão do novo hospital.

Este hospital será composto por serviço de ambulatório, consultas externas e exames, unidade de saúde mental, medicina física de reabilitação, central de colheitas e os meios complementares de diagnóstico e terapêutica, unidade de cirurgia de ambulatório com bloco de cirurgia e recobro, serviço de urgência básica para servir cerca 60 mil urgências, cerca de metade das realizadas no Hospital Amadora/Sintra, Unidade de Convalescença com 60 camas, farmácia, Unidade de Esterilização e ainda um espaço para ensino e formação.

[notícia atualizada]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+