A+ / A-

Contagem do tempo de serviço. “As eleições fazem milagres”, diz Mário Nogueira

05 dez, 2023 - 08:24 • Liliana Monteiro , Hugo Monteiro , Olímpia Mairos

Em entrevista à Renascença, o ministro da Educação admitiu ser possível a recuperação total do tempo de serviço dos professores. Mário Nogueira desvaloriza as declarações do ministro e diz que é a campanha a falar.

A+ / A-

Na hora do adeus João Costa, o ainda ministro da Educação admite ser possível a recuperação total do tempo de serviço pedido há muito pelos docentes.

Em entrevista à Renascença, João Costa explica que houve muitos imprevistos que impediram que tal fosse assumido, mas admite que com Pedro Nuno Santos, candidato à liderança do Partido Socialista, essa recuperação pode ser possível.

Na reação, Mário Nogueira da Fenprof diz que é a campanha a falar embora o discurso seja o mesmo de sempre.

“As eleições fazem milagres ou pelo menos aparentam fazer milagres. O ministro acaba por dizer aquilo que sempre disse quando pretendia que a luta dos professores acabasse ou pelo menos atenuasse, ele dizia que a reivindicação era justa”, diz o dirigente sindical.

Para Mário Nogueira o que era “necessário era que houvesse condições para a satisfazer”.

Além da recuperação do tempo de serviço, os professores reivindicam melhores condições para a carreira e um investimento nas infraestruturas escolares.

Como vai ser operacionalizado?

Já a CONFAP (Confederação Nacional das Associações de Pais) diz ser necessário perceber como será possível operacionalizar esta recuperação do tempo de serviço.

Em declarações à Renascença, Mariana Carvalho, assinala que “ainda temos que tentar perceber exatamente o que é que está aqui descrito”, destacando, no entanto, que o Ministério da Educação sempre disse que “estava a trabalhar na aproximação daquilo que eram os pedidos ou exigências dos professores, nomeadamente a recuperação do tempo de serviço que não era possível a totalidade no imediato, mas que se ia trabalhar numa aproximação”.

“O que devemos focar é como vamos operacionalizar, como é que vamos chegar efetivamente à aproximação daquilo que são as vontades de todos os lados”, acrescenta.

Além da recuperação do tempo de serviço, os professores reivindicam melhores condições para a carreira e um investimento nas infraestruturas escolares.

[notícia atualizada às 10h20 de 5 de dezembro de 2023]

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+