Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Interrogatório do ex-ministro Eduardo Cabrita vai ser retomado

18 out, 2023 - 03:39 • Lusa

Eduardo Cabrita e o seu então chefe de segurança, Nuno Dias, foram na altura interrogados como arguidos, à porta fechada, pelo juiz de instrução, no Tribunal de Évora, na instrução do processo do atropelamento mortal na A6.

A+ / A-

O interrogatório do ex-ministro Eduardo Cabrita no processo do atropelamento mortal na A6 vai ser retomado, depois de a continuação da audição ter estado prevista para dia 4 de outubro e ter sido adiada devido a uma greve de funcionários judiciais.

Eduardo Cabrita começou a prestar declarações perante o juiz de instrução em 9 de junho, com o seu representante a dizer então aos jornalistas que o ex-ministro da Administração Interna "esclareceu tudo o que havia para esclarecer", embora tivesse admitido que poderia haver mais esclarecimentos a fazer aos outros advogados.

Eduardo Cabrita e o seu então chefe de segurança, Nuno Dias, foram na altura interrogados como arguidos, à porta fechada, pelo juiz de instrução, no Tribunal de Évora, na instrução do processo do atropelamento mortal na A6.

No dia 18 de junho de 2021, Nuno Santos, funcionário de uma empresa que realizava trabalhos de manutenção na A6, foi atropelado mortalmente pelo automóvel em que seguia o então ministro da Administração Interna Eduardo Cabrita.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+