A+ / A-

Pelo menos quatro ativistas detidos em protesto climático à porta do Conselho de Ministros

14 set, 2023 - 09:10 • Lusa

Os jovens detidos foram conduzidos, algemados, para os veículos policiais.

A+ / A-

"Estão mais uma vez a reprimir-nos", disse à Lusa Beatriz Xavier, do coletivo Greve Climática Estudantil de Lisboa.

A Unidade Especial da PSP retirou os estudantes que se tinham prendido às grades da entrada principal do Instituto Português e da Atmosfera (IPMA) e do Ministério do Mar, no concelho de Oeiras, distrito de Lisboa.

Pouco antes das 10h00, os portões da entrada principal foram abertos e alguns veículos civis entraram no complexo.

Foto: Miguel A. Lopes/Lusa
Foto: Miguel A. Lopes/Lusa
Foto: Miguel A. Lopes/Lusa
Foto: Miguel A. Lopes/Lusa
Foto: Leonor Ribeiro de Almeida
Foto: Leonor Ribeiro de Almeida
Foto: Leonor Ribeiro de Almeida
Foto: Leonor Ribeiro de Almeida
Foto: Miguel A. Lopes/Lusa
Foto: Miguel A. Lopes/Lusa

Os jovens detidos foram conduzidos, algemados, para os veículos policiais. Um deles decidiu não caminhar, tendo sido arrastado por dois polícias.

Os elementos do coletivo não foram informados do local para onde estes quatro detidos foram conduzidos, disse à Lusa a porta-voz do coletivo, admitindo que todas as pessoas que se prenderam às grades de todo o complexo "foram ou vão ser detidas".

"Vamos saber em que esquadra estão e vamos manifestar-nos à porta", disse Beatriz Xavier.

Foto: Miguel A. Lopes/Lusa
Foto: Miguel A. Lopes/Lusa
Foto: Miguel A. Lopes/Lusa
Foto: Miguel A. Lopes/Lusa

Vinte ativistas impediram ao início da manhã todas as entradas do IPMA e do Ministério do Mar bloqueando a entrada do local, para onde foi marcada (para as 09:30) a reunião de hoje do Conselho de Ministros.

"A nossa luta é pelo clima porque é urgente. Vamos ter de continuar a agir", acrescentou Beatriz Xavier.

A polícia reforçou a presença no local desde as 09h00 com mais de 10 veículos, a maior parte da Unidade Especial da PSP.

[notícia atualizada às 10h18 de 14 de setembro de 2023]

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Maria
    14 set, 2023 Palmela 11:23
    Parece que estamos no tempo do salazar!
  • Maria
    14 set, 2023 Palmela 11:09
    4 activistas climaticos foram detidos porque?
  • Djily seye
    14 set, 2023 Dinero 09:12
    Sénégalais

Destaques V+