Tempo
|
A+ / A-

Professores. STOP convoca greve nacional de cinco dias em setembro

31 ago, 2023 - 14:17 • Vítor Mesquita com Miguel Marques Ribeiro

Na sexta-feira, dia 22 de setembro, realiza-se também uma manifestação nacional em Lisboa.

A+ / A-

O coordenador nacional do STOP, André Pestana, anunciou esta quinta-feira a convocatória de uma greve nacional entre os dias 18 e 22 de setembro, uma paralisação de todos os profissionais da educação, que vai coincidir com a segunda semana de aulas do novo ano letivo.

No dia 22 de setembro, sexta-feira, adiantou o líder sindical em declarações ao jornalistas, "organizaremos uma manifestação nacional de todos os profissionais de educação em Lisboa".

À imagem do sucedido no ano anterior, o protesto vai ser organizado "por escola, nomeadamente relativamente aos fundos de greve".

André Pestana sublinhou que os fundos de greve foram considerados pelos tribunais "100% legais".

O responsável do STOP criticou ainda o novo sistema de vinculação implementado pelo Ministério da Educação, designado de vinculação dinâmica, e que permitiu integrar nos quadros oito mil professores.

André Pestana alerta que muitos professores já vinculados continuam "sem colocação, o que indicia que estes [profissionais] poderão brevemente estar a lecionar em mais do que um agrupamento em simultâneo".

Isto poderá conduzir a situações de esgotamento e a custos suplementares para o exercício da profissão, refere.

O novo ano letivo de 2023/24 inicia-se entre os dias 12 e 15 de setembro.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+