Tempo
|
A+ / A-

Governo espera que Santa Casa reveja cortes no apoio ao desporto

16 ago, 2023 - 15:51 • Vítor Mesquita , Teresa Paula Costa

O desporto é uma via para combater desigualdades, alega secretário de Estado do Desporto.

A+ / A-

O Governo espera que a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa reveja o plano que prevê cortes no apoio ao desporto, e pediu já uma reunião urgente à provedora Ana Jorge, revelou nesta quarta-feira o secretário de Estado da Juventude e do Desporto.

Em entrevista à RTP3, João Paulo Correia disse acreditar na “sensibilidade” da provedora para esta matéria, pois “o desporto é um mecanismo eficaz para ir ao encontro” dos mais desfavorecidos.

“A Santa casa alega que tem que reforçar os pedidos de apoio às famílias mais desfavorecidas”, quando “o que sabemos é que muitos dos apoios e patrocínios que a Santa casa presta ao setor do desporto incide sobre áreas de combate às desigualdades, da integração, da inclusão e da promoção da igualdade”, referiu o governante.

João Paulo Correia acredita “que possa haver aqui uma revisão da revisão do plano de apoios que a Santa casa quer fazer ao desporto”, pois “está na mãos da Santa Casa reforçar o apoio às famílias mais desfavorecidas”.

A notícia dos cortes no apoio ao desporto por parte da Santa Casa surge a um ano das Olimpíadas em Paris.

Contudo, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa já garantiu que a revisão do plano de patrocínios a diversas instituições e entidades do desporto não coloca em causa o projeto olímpico para 2024.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+