Tempo
|
A+ / A-

iPhone de primeira geração vendido em leilão por quase 380 vezes o preço original

19 jul, 2023 - 09:21 • Lusa

A situação ocorre principalmente porque o modelo de 4 GB foi descontinuado dois meses após o lançamento, devido à preferência do cliente por uma maior capacidade de memória.

A+ / A-

Um iPhone de primeira geração foi vendido este domingo em leilão por 190.373 dólares, quase 380 vezes o seu preço original de 499 dólares, quando o dispositivo inovador foi colocado à venda em 2007.

A LCG Auctions, que organizou a venda, divulgou esta terça-feira que o modelo de iPhone de 4 gigabytes (GB) era 20 vezes mais raro do que o modelo de 8 GB lançado na mesma época, por um preço de 599 dólares.

A situação ocorre principalmente porque o modelo de 4 GB foi descontinuado dois meses após o lançamento, devido à preferência do cliente por uma maior capacidade de memória.

"Um novo padrão foi estabelecido no domingo à noite. Estamos entusiasmados por fazer parte desta fantástica venda recorde", frisou Mark Montero, fundador da LCG Auctions.

Este é o terceiro iPhone original a ser vendido por valores recordes num leilão.

Um modelo de 8 GB foi vendido por 63.356 dólares em fevereiro e outro modelo de 8 GB por 39.340 dólares em outubro de 2022.

Todos estavam lacrados de fábrica nas suas embalagens originais.

O iPhone é um dos produtos eletrónicos de maior sucesso do mundo e ajudou a tornar a Apple a primeira empresa de capital aberto com um valor de mercado de 3 biliões de dólares.

A empresa de Cupertino, na Califórnia, alcançou este registo 16 anos após a venda dos primeiros iPhones.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+