Tempo
|
A+ / A-

​Médicos ameaçam fazer greve no Verão

23 mai, 2023 - 21:59 • Anabela Góis , com redação

De acordo com a líder da FNAM, ainda não foi feita qualquer proposta sobre grelhas salariais.

A+ / A-

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) admite fazer greve nos meses de Verão.

A ameaça foi feita esta terça-feira no final de mais uma reunião com o Ministério da Saúde.

De acordo com a líder da FNAM, ainda não foi feita qualquer proposta sobre grelhas salariais.

Joana Bordalo e Sá diz que é o ministro da Saúde, Manuel Pizarro, quem está a empurrar os médicos para greve.

A presidente da FNAM diz também que, a partir de agora, os médicos não fazem nem mais hora extraordinária para além das 150 a que estão obrigados anualmente.

“Não estamos disponíveis para fazer nem mais uma hora extra e ponderamos ter que voltar a fazer greve no Verão. Na falta de medidas concretas, é o Ministério da Saúde que nos empurra para esta medida”, disse à Renascença Joana Bordalo e Sá.

Para 2 de junho está marcada uma nova reunião entre a FNAM e o Ministério da Saúde .

A líder da FNAM acusa, ainda, o Ministério da Saúde de amadorismo, porque envia a ordem de trabalho a poucas horas das reuniões e sem qualquer documento de apoio.

Na prática, diz Joana Bordalo e Sá, apesar das longas negociações, até agora não há nada de concreto decidido.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+