Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

CONCERTOS EM COIMBRA

Homem condenado por se fazer passar por membro do "staff" dos Coldplay

23 mai, 2023 - 11:45 • Lusa

Cidadão estrangeiro terá permitido a entrada de dois espectadores com credenciais falsas, a troco de dinheiro, no segundo concerto da banda em Coimbra.

A+ / A-

O Tribunal de Coimbra condenou um homem a uma pena de prisão, suspensa na sua execução, por se ter feito passar por membro do "staff" dos Coldplay, introduzindo pessoas com credenciais falsas em concerto, a troco de dinheiro.

O cidadão estrangeiro foi condenado, na segunda-feira, em julgamento sob a forma de processo especial sumário, a uma pena de prisão de nove meses, suspensa na sua execução pelo período de um ano, e ainda a uma pena de multa de 73 dias, à taxa diária de 5 euros (total de 365 euros).

O homem tinha sido detido em flagrante delito na quinta-feira, por inspetores da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), depois de ter conseguido introduzir duas pessoas com credenciais falsas no concerto dos Coldplay, que decorreu no Estádio Cidade de Coimbra.

Apresentando-se com indumentária idêntica à dos demais seguranças do evento - usando blusão, calças, sapatilhas, boné pretos e óculos escuros -, conduziu duas pessoas ao interior do recinto, depois de terem passado pelo controlo do perímetro e zona de revista.

A entrada no recinto foi efetuada a troco do pagamento de 75 euros, por pessoa, ao arguido.

A ASAE acabou por identificar essas duas pessoas no recinto, a assistir ao concerto, tendo depois também localizado o arguido.

Para além do crime de falsificação ou contrafação de documento e do crime de usurpação de funções, o homem respondeu ainda pelo crime de venda ou ocultação de produto, em coautoria material, com outro cidadão estrangeiro, pela venda de artigos que ostentavam a marca Coldplay, mas não eram produtos originais.

O Tribunal de Coimbra condenou também este segundo arguido, em julgamento sob a forma de processo especial sumário, a uma pena de multa de 72 dias, à taxa diária de 5 euros (total de 360 euros).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+