Tempo
|
A+ / A-

PRR. Governo investe 1,8 milhões em apoios à resinagem e produção florestal

21 out, 2022 - 22:21 • Lusa

Objetivo é promover “a gestão florestal sustentável, reduzir o risco de incêndio e contribuir para o desenvolvimento do mundo rural”.

A+ / A-

O Governo investiu 1,8 milhões de euros do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) em maquinaria para apoiar a atividade de resinagem e produtores florestais, revelou esta sexta-feira o gabinete do ministro do Ambiente e da Ação Climática.

O material foi adquirido no âmbito da Componente 12 do PRR (Bioeconomia Sustentável), que tem uma dotação global de 145 milhões de euros, sendo a resina um dos setores apoiados, para além do calçado e do têxtil e vestuário.

A cedência dos primeiros sete tratores e respetivas alfaias, no valor de 630 mil euros, relativos ao apoio à atividade de resinagem, vai ser feita no sábado, em Arganil, através da celebração de protocolos entre os membros da Associação de Destiladores e Exploradores de Resina e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

Outros 13 tratores serão cedidos a organizações de produtores florestais, indica o ministério do Ambiente e Ação Climática, em comunicado, num investimento adicional de 1,17 milhões de euros.

“Os objetivos são incentivar a transição para produtos de base biológica de alto valor, acrescentando, em alternativa às matérias de base fóssil, e que se tornem mais eficientes na utilização de recursos”, explica o comunicado.

A Componente 12 do PRR tem inscritos “33 milhões de euros para apoio específico ao setor da resina, considerando três pilares principais: fomento da produção da resina natural nacional, reforço da sustentabilidade da indústria transformadora e diferenciação positiva da resina natural e produtos derivados”.

No pilar dirigido ao fomento da produção de resina natural nacional, no qual se insere a cedência dos tratores, “estão a ser desenvolvidas iniciativas para aumentar a produção de resina em Portugal e garantir níveis de autoabastecimento à indústria”, acrescenta o governo.

Promover “a gestão florestal sustentável, reduzir o risco de incêndio e contribuir para o desenvolvimento do mundo rural” são outros objetivos elencados pelo ministério do Ambiente e Ação Climática.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+