Tempo
|
A+ / A-

Fernando Araújo convidado para diretor executivo do SNS

13 set, 2022 - 13:28 • Carla Fino e Pedro Mesquita

Fernando Araújo ocupa atualmente o cargo de presidente do conselho de administração do Hospital de S. João no Porto. Ainda não deu uma resposta ao Governo. Bastonário estranha notícia numa altura em que o Presidente ainda não promulgação a direção executiva do SNS.

A+ / A-

Fernando Araújo foi convidado pelo Governo para assumir o cargo de diretor executivo do Serviço Nacional de Saúde (SNS), mas ainda não aceitou o convite, segundo fontes contactadas pela Renascença.

Uma fonte próxima do presidente do conselho de administração do Hospital de São João, no Porto, confirma a existência do convite, mas garante que Fernando Araujo só dará uma resposta formal depois de ser promulgada pelo Presidente da República a regulamentação do SNS.

O nome de Fernando Araújo chegou a ser apontado como o sucessor da ex-ministra Marta Temido, que acabou por ser substituída por Manuel Pizarro.

Fernando Araújo foi secretário de Estado adjunto e da Saúde no XXI Governo Constitucional, liderado por António Costa, entre 2015 e 2019.

O atual presidente do conselho de administração do Hospital de S. João nasceu no Porto, em 1966, e é considerado próximo do novo ministro da Saúde, Manuel Pizarro.

É doutorado em Medicina pela Faculdade de Medicina do Porto e pós-graduado em Gestão pela Universidade Católica Portuguesa.

Especialista em Imuno-hemoterapia, com o Grau de Consultor, foi também diretor do Serviço de Imuno-hemoterapia do Centro Hospitalar de S. João.

Exerceu múltiplas responsabilidades ao nível da gestão intermédia e gestão de topo em instituições de saúde, presidindo a diversas entidades e instituições na área da saúde.

Foi membro do Conselho Nacional para o Serviço Nacional de Saúde da Ordem dos Médicos, Presidente da Direção do Colégio da Especialidade de Imuno-hemoterapia da Ordem dos Médicos, Membro da Direção da Competência de Gestão de Serviços de Saúde da Ordem dos Médicos.

É coautor de mais de 200 originais, editados em revistas científicas indexadas internacionalmente.

Bastonário estranha fuga de informação antes de promulgação

Em declarações à Renascença, o bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, estranha a divulgação do nome de Fernando Araújo antes do Presidente da República promulgar o diploma que regulamenta a direção executiva do SNS.

“Não faz sentido nenhum estar a falar-se já da direção executiva e do diretor executivo quando a legislação ainda não foi promulgada pelo Presidente da República. Enquanto o Presidente não promulgar não há direção executiva”, sublinha o bastonário.

Miguel Guimarães considera que a escolha de Fernando Araújo, a confirmar-se, é acertada.

“Se é uma escolha do senhor ministro da Saúde é uma boa escolha. Acho que é uma escolha adequada àquilo que era esperado. São duas pessoas que sabem trabalhar em conjunto, que se conhecem há muitos anos e que têm um conhecimento amplo do Sistema de Saúde”, afirma o bastonário da Ordem dos Médicos.

[notícia atualizada às 17h40]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+