Tempo
|

35,42%
47 Deputados
25,24%
28 Deputados
9,05%
7 Deputados
6,37%
3 Deputados
4%
1 Deputados
3,09%
1 Deputados
1,38%
0 Deputados
1,25%
0 Deputados
1,11%
0 Deputados
5,15%
5 Deputados
  • Freguesias apuradas: 2495 de 3092
  • Abstenção: 45,06%
  • Votos Nulos: 5,44%
  • Votos em Branco: 2,48%

Total esquerda: 57Mandatos
Pan: 1Mandatos
Total direita: 34Mandatos
A+ / A-

Homem de 42 anos detido na Amadora por violência doméstica

14 ago, 2021 - 18:05 • Lusa

Um homem de 42 anos foi detido na sexta-feira na esquadra de Alfragide, na Amadora, pelo crime de violência doméstica, tendo ficado em prisão preventiva, avançou hoje o Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP).

A+ / A-

Um homem de 42 anos foi detido na sexta-feira na esquadra de Alfragide, na Amadora, pelo crime de violência doméstica, tendo ficado em prisão preventiva, avançou hoje o Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP).

De acordo com o comunicado, "o Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública, no dia 13 de agosto, através da esquadra de Alfragide da divisão policial da Amadora, pelas 22:45, efetuou a detenção de um homem com 42 anos pelo crime de violência doméstica".

A PSP conta que, na noite de sexta-feira, recebeu uma chamada via 112 "de uma vítima de violência doméstica que se encontrava sequestrada na residência com o seu filho menor, de dois anos e meio, pelo seu companheiro".

"Foram reunidos meios policiais, sendo que quando os mesmos chegaram ao local, a senhora encontrava-se no exterior do prédio num estado de clara aflição, explicando que o suspeito a havia ameaçado a si e ao seu filho com uma faca de grandes dimensões, altura em que conseguira fugir para fora da residência, não tendo conseguido, porém, trazer o seu filho consigo", acrescenta a mesma fonte.

A vítima foi acompanhada pelos polícias até junto da porta da residência onde tentou estabelecer contacto verbal com o suspeito de forma a persuadi-lo a abrir a porta e deixar sair o menino, tendo o suspeito negado repetidas vezes.

"No decorrer desta situação, foi claramente audível o som do choro da criança, seguido de gritos da mesma" e, "por haver um perigo real para a vida e integridade física do menor, os polícias efetuaram o arrombamento da porta, entrando na residência", descreve a PSP.

No interior da residência, continua a fonte policial, "o suspeito foi manietado, sendo-lhe retirado o menino do colo e entregue à sua mãe" e foi-lhe dada "voz de detenção, sendo ainda apreendida no local a faca por si utilizada para perpetuar as ameaças contra a sua família".

Segundo o comunicado, o detido foi hoje presente ao Tribunal Judicial da Comarca Lisboa Oeste -- Juízos da Amadora, no presente dia, pelas 10:00, tendo ficado em prisão preventiva.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+