Tempo
|

35,42%
47 Deputados
25,24%
28 Deputados
9,05%
7 Deputados
6,37%
3 Deputados
4%
1 Deputados
3,09%
1 Deputados
1,38%
0 Deputados
1,25%
0 Deputados
1,11%
0 Deputados
5,15%
5 Deputados
  • Freguesias apuradas: 2495 de 3092
  • Abstenção: 45,06%
  • Votos Nulos: 5,44%
  • Votos em Branco: 2,48%

Total esquerda: 57Mandatos
Pan: 1Mandatos
Total direita: 34Mandatos
A+ / A-

Violência doméstica

Aveiro. Prisão preventiva para mulher suspeita de esfaquear marido até à morte

06 ago, 2021 - 23:42 • Lusa

Crime ocorreu esta quinta-feira num apartamento da rua Cândido dos Reis, em Aveiro, tendo o alerta sido dado para os bombeiros às 17h11.

A+ / A-

A mulher de 56 anos suspeita de ter esfaqueado até à morte o companheiro de 55 anos, na quinta-feira na sua residência no centro da cidade de Aveiro, ficou em prisão preventiva, informou esta sexta-feira fonte policial.

A mulher foi presente esta sexta-feira a primeiro interrogatório judicial no Departamento de Investigação e Ação Penal de Aveiro, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação mais gravosa.

O crime ocorreu num apartamento da rua Cândido dos Reis, em Aveiro, tendo o alerta sido dado para os bombeiros às 17h11.

A PSP foi chamada ao local, mas, por configurar um crime de homicídio, a investigação passou para a alçada da Polícia Judiciária (PJ) que procedeu à detenção da suspeita.

Fonte da PJ disse, entretanto, à Lusa que o crime ocorreu em contexto de violência doméstica, havendo já queixas anteriores de agressões no seio do casal.

Em declarações à Lusa, o comandante dos Bombeiros Novos, Ricardo Fradique, disse que quando chegaram ao local encontraram a vítima já sem vida, com vários cortes efetuados por arma branca.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+