Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Boletim DGS. Regresso aos quatro dígitos: 1.350 novos casos de Covid-19 em 24 horas

16 jun, 2021 - 15:02 • Redação com Lusa

Lisboa e Vale do Tejo, de novo, com a maior parte dos novos casos de infeção: 928, mais de dois terços, 68,7 por cento.

A+ / A-

Veja também:


O boletim diário da Direção-Geral da Saúde sobre a evolução da situação epidemiológica da Covid-19 regista, esta quarta-feira, 1.350 novos casos de infeção por Covid-19.

Este valor diário é o primeiro acima do milhar desde 6 de março e o mais alto desde 24 de Fevereiro, quando o registo foi de 1.480 contágios.

A maior parte dos novos casos de infeção - 928, mais de dois terços (68,7 por cento) - foi diagnosticada na região de Lisboa e Vale do Tejo.

O número de mortes nas últimas 24 horas foi de seis. Três destas mortes ocorreram na faixa etária 70-79 e as outras três na dos mais de 80.

O boletim epidemiológico desta quarta-feira regista mais cinco pessoas internadas, com o total a subir para 351, das quais 83 em unidades de cuidados intensivos, onde entraram mais quatro doentes.

Índice de transmissibilidade sobe para 1,12 e incidência aumenta para 91

O índice nacional de transmissibilidade (Rt) do coronavírus SARS-CoV-2 subiu de 1,09 para 1,12 e a incidência de casos de infeção por 100.000 habitantes subiu de 84,5 para 91, foi hoje divulgado.

De acordo com o boletim epidemiológico, o Rt em Portugal continental é ligeiramente superior, com uma subida de 1,1 para 1,13.

A taxa de incidência a 14 dias em Portugal continental subiu hoje para 90,5. Na segunda-feira a taxa era de 83,4.

Os dados do índice de transmissibilidade e da incidência a 14 dias são atualizados à segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira.

Estes indicadores – o índice de transmissibilidade do vírus e a taxa de incidência de novos casos de covid-19 – são os dois critérios definidos pelo Governo para avaliar o processo de desconfinamento iniciado a 15 de março.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.824.885 mortos no mundo, resultantes de mais de 176,5 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 17.055 pessoas dos 850.395 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+