Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

São João

São João do Porto. Autarca da zona histórica acredita que os portuenses "não vão ser como os ingleses"

31 mai, 2021 - 17:49 • Cristina Branco

O presidente da União de Freguesias do Centro Histórico do Porto não aponta se é prudente ou não realizar as festas, mas agora que os equipamentos estão preparados, não se pode voltar atrás.

A+ / A-

O presidente da União de Freguesias do Centro Histórico do Porto, António Fonseca, está convicto de que as festividades de São João vão decorrer de modo tranquilo e em consonância com as regras.

No ano passado, o São João foi cancelado devido à pandemia mas, este ano, já foram instalados equipamentos no Porto a antecipar uma possível festa, nas zonas da Ribeira, Foz e Boavista.

"A partir do momento em que já foram colocados esses equipamentos, parte-se do princípio que é para serem utilizados, porque aquilo tem que ter rentabilidade. Vai atrair as pessoas", diz António Fonseca à Renascença.

"Se foi prudente, agora o tempo o dirá. Mas, quando se avança com este tipo de equipamentos, já se cria expectativas aos comerciantes e à própria população que planeia se vai ao Porto."

O autarca diz que será "uma espécie de S. João", com o respeito por todas as regras por parte dos portugueses, que não repetirão comportamentos verificados no último fim-de-semana, com a realização da final da Liga dos Campeões.

O autarca acredita que as pessoas vão dispersar-se "pelas Fontainhas, na rotunda da Boavista e outros locais".

António Fonseca admite que vá ser difícil "controlar as pessoas", mesmo que a festa se realize num "modelo diferente, sem fogo de artifício", mas diz confiar que as pessoas sigam as normas delineadas pelas autoridades de saúde.

"Nós com certeza que não vamos fazer como os ingleses. Vamos cumprir as regras, vamos andar com as máscaras, vamos cumprir", vincou António Fonseca.

O presidente da União de Freguesias do Centro Histórico do Porto salientou que cancelar agora a festa seria "pior a emenda que o soneto". "Não tenhamos a mínima dúvida. Tendo em conta que já estamos confrontados com estes equipamentos, terá de haver São João mas sem o tradicional fogo de artifício".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Anónimo
    31 mai, 2021 Lisboa 18:59
    Pois não vão ser. Mas aos hooligans ingleses é permitido tudo! António Costa, demita-se por ter discriminado o povo português!

Destaques V+