Tempo
|
A+ / A-

Megaoperação de combate ao tráfico de droga da PSP de Leiria faz 12 detidos

19 mai, 2021 - 22:33 • Lusa

Foram feitas buscas nos concelhos de Leiria, Marinha Grande, Batalha, Porto de Mós, Nazaré, Loures, Seixal e Vila Nova da Barquinha.

A+ / A-

Uma megaoperação de combate ao tráfico de droga liderada pelo Comando Distrital da PSP de Leiria realizou esta quarta-feira várias buscas em oito concelhos da região Centro e zona Sul e foram detidas 12 pessoas.

Fonte da investigação criminal da PSP de Leiria disse à Lusa que a "Operação Solum" de "combate ao tráfico de estupefacientes" realizou hoje buscas nos concelhos de Leiria, Marinha Grande, Batalha, Porto de Mós, Nazaré, Loures, Seixal e Vila Nova da Barquinha.

Das buscas resultaram a detenção de 12 pessoas e a apreensão de produto estupefaciente, armas, dinheiro e munições, cuja quantidade só será apurada após o final das diligências, revelou a mesma fonte.

A operação, que se iniciou hoje pelas 13:30, contou com o envolvimento de cerca de 80 elementos da investigação criminal do Comando Distrital da PSP de Leiria, com o apoio da Unidade Especial de Polícia e da GNR.

Depois de se concentrarem nas instalações do Comando Distrital da PSP de Leiria, alguns veículos da PSP caracterizados e à civil avançaram para o terreno, pelas 16:30, tendo estacionado num local estratégico, perto de uma das zonas de buscas.

A Lusa presenciou, pouco depois a saída dos agentes para uma das residências de suspeitos, na freguesia de Azoia, em Leiria, onde se posicionaram, preparando-se para o desenrolar da operação.

As comunicações via rádio davam para perceber que a operação estava a ter sucesso nos outros locais definidos para as buscas.

Estes dados são ainda preliminares, uma fez que, segundo a mesma fonte, às 21:15 ainda decorriam trabalhos no terreno.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+