Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Covid-19. Número de profissionais de saúde do SNS aumentou 7,1% desde início da pandemia

24 fev, 2021 - 16:29 • Lusa

O SNS tinha ao seu serviço um total de 147.075 profissionais de saúde em janeiro - dos quais 31.406 médicos e 48.739 enfermeiros - mais 9.765 do que em março de 2020.

A+ / A-

Mais de 147 mil profissionais de saúde trabalhavam em janeiro no Serviço Nacional de Saúde (SNS), mais 7,1% do que em março de 2020, quando teve início a pandemia da covid-19.

Segundo o Portal da Transparência do Ministério da Saúde, o SNS tinha ao seu serviço um total de 147.075 profissionais de saúde em janeiro - dos quais 31.406 médicos e 48.739 enfermeiros - mais 9.765 do que em março de 2020.

Os mesmos dados adiantam que, no mesmo período, o número de médicos aumentou dos 30.297 para os 31.406, um crescimento de 3,6%, enquanto os enfermeiros no SNS passaram dos 45.639 para os 48.739 (+6,7%).

Num horizonte temporal mais alargado, entre janeiro de 2015 e janeiro de 2021, o número de profissionais de saúde aumentou 24,3%, ou seja, mais 28.714 num período de seis anos.

O Portal da Transparência indica ainda que, entre 2015 e 2021, o crescimento do número de médicos foi de 20,2%, passando dos 26.131 para os 31.406 que estavam no SNS no último mês (+5.275 médicos).

Segundo o Governo, estes dados “permitem concluir que o número de médicos no SNS atingiu um valor recorde” no último mês, em resultado do “investimento que tem sido feito” e na “capacidade de atrair” clínicos para o serviço público de saúde.

No que diz respeito aos enfermeiros, o Portal da Transparência do ministério avança com um crescimento de 30,7% do número desses profissionais nos últimos seis anos, passando dos 37.281 para os 48.739 (+11.458).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+