Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Covid-19: Médicos alemães admitem ser necessário ficar mais tempo em Portugal

08 fev, 2021 - 19:16 • Redação

“O meu trabalho aqui é ficar por três semanas. Mas posso imaginar que pode ser preciso ficar mais tempo ou trazer uma segunda equipa”, declarou o chefe da equipa clínica, que foi destacada para o Hospital da Luz, em Lisboa.

A+ / A-
Médicos alemães acham que vão precisar de ficar mais que três semanas em Portugal
Médicos alemães acham que vão precisar de ficar mais que três semanas em Portugal

Veja também:


O chefe equipa clínica alemã, coronel Jens-Peter Evers, considera que vai ser preciso ficar mais tempo em Portugal a ajudar a combater a pandemia de Covid-19, além das três semanas inicialmente previstas.

Em conferência de imprensa realizada esta segunda-feira, Jens-Peter Evers disse que três semanas é pouco e será, provavelmente, necessário ficar mais tempo.

“O meu trabalho aqui é ficar por três semanas. Mas posso imaginar que pode ser preciso ficar mais tempo ou trazer uma segunda equipa”, declarou o chefe da equipa clínica, que foi destacada para o Hospital da Luz, em Lisboa.

O coronel Jens-Peter Evers considera que os profissionais de saúde devem ficar em Portugal o “maior tempo possível”, nomeadamente até diminuir a pressão sobre os cuidados intensivos.

Na mesma conferência de imprensa, o presidente da Sociedade Portuguesa de Cuidados Intensivos (SPCI) disse que a capacidade de internamento vai estar perto do limite até abril. João Gouveia defende que Portugal não se pode “deslumbrar” com a descida dos casos de Covid-19 e é preciso “aprender com os erros”.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+