Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Covid-19. Alemanha envia médicos e outra ajuda a Portugal na quarta-feira

01 fev, 2021 - 17:22 • Lusa

Vão chegar 26 profissionais de saúde, entre eles oito médicos, além de material médico. como ventiladores, bombas de infusão camas hospitalares.

A+ / A-

A Alemanha vai enviar para Portugal 26 profissionais de saúde, entre eles oito médicos, já na quarta-feira, como parte de uma missão de ajuda de combate à pandemia de covid-19, revelaram hoje fontes oficiais alemãs à Lusa.

O ministério da Defesa alemão, num comunicado enviado à agência Lusa, refere ainda o envio de material médico, entre eles 40 ventiladores móveis e dez estacionários, 150 bombas de infusão e 150 camas hospitalares.

“Apoiamos os nossos amigos europeus, também na luta contra o coronavírus. Combinei com o meu homólogo João Cravinho (ministro da Defesa português) que a ‘Bundeswehr’ (Forças Armadas alemãs) vão enviar pessoal e material médico para Portugal. A solidariedade fortalece a Europa”, revelou a ministra da Defesa, Annegret Kramp-Karrenbauer, no documento enviado à Lusa.

Numa primeira fase, a ajuda deverá estender-se por um período de 21 dias. Os profissionais de saúde e o equipamento médico chegam ao aeroporto Humberto Delgado na quarta-feira.

O Governo português já confirmou a informação.

"Face ao trabalho técnico realizado, até ao momento, estima-se a chegada a Portugal, quarta-feira, dia 3 de fevereiro, de uma equipa de profissionais de saúde militares com competências ao nível da Medicina Intensiva e ainda a cedência de material clínico (ventiladores, bombas e seringas de infusão)", refere um comunicado conjunto dos ministérios da Defesa Nacional e da Saúde.

Os profissionais permanecerão em Portugal "durante um período de três semanas, estando prevista a sua substituição a cada 21 dias, até ao final de março, caso seja neessário", acrescenta o Governo, confirmando que Portugal aceitou "a proposta de colaboração" do Governo alemão para reforçar a resposta à covid-19, "na sequência de diversos contactos bilaterais".

O governo português salienta ainda que, na primeira vaga da pandemia, a Alemanha disponibilizou o seu apoio a vários estados europeus.

"Países como Itália, França, Holanda, Bélgica e República Checa, países com maior proximidade geográfica à Alemanha, foram os destinatários da solidariedade alemã e europeia, que agora se estende também a Portugal", lê-se, no comunicado.

[notícia atualizada às 20h30 com informação da confirmação por parte do Governo]

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+