Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

​Covid-19

Apoio a pais com filhos em creches prolongado até 1 de junho

30 abr, 2020 - 18:49

Na última quinzena de maio, creches reabrem, mas pais podem optar foi manter filhos em casa e continuar a beneficiar do apoio financeiro do Estado. Em junho, apoio termina.

A+ / A-
Costa anuncia reabertura do país com "várias linhas vermelhas" e "sem vergonha de dar passo atrás"
Costa anuncia reabertura do país com "várias linhas vermelhas" e "sem vergonha de dar passo atrás"

Veja também:


O Governo vai manter, pelo menos até 1 de junho, os apoios às famílias com filhos em creches, disse esta quinta-feira o primeiro-ministro, António Costa. A informação foi anunciada, no âmbito das medidas de levantamento gradual da medidas de confinamento.

As creches vão poder reabrir a 18 de maio, mas o executivo decidiu estender o apoio social para que os pais recuperem a confiança e possam deixar as crianças naqueles espaços com total segurança e tranquilidade.

António Costa anunciou um período de transição, entre 18 de maio e o fim do mês, em que as creches estarão abertas, mas as famílias podem optar por ficar com a criança em casa para "ganharem confiança".

Em relação aos apoios a famílias que têm crianças em casa, dos 6 aos 12, estarão em vigor até ao fim do ano letivo, a 26 de junho, explicou o primeiro-ministro.

António Costa anunciou que o Governo definiu "um quadro de medidas que entram em vigor de 15 em 15 dias: 4 de maio, 18 de maio e 1 de junho" e que, antes de cada uma destas fases, será feita nova "avaliação dos efeitos que tiveram as medidas anteriormente adotadas", podendo ser reequacionadas as condições de seguiir o calendário estabelecido.

O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira o plano de transição de Portugal do estado de emergência, que cessa no sábado, para o estado de calamidade.

Portugal contabiliza 989 mortos associados à Covid-19 em 25.045 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia divulgado quinta-feira.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+