32,08%
8 Deputados
31,11%
7 Deputados
9,79%
2 Deputados
9,07%
2 Deputados
4,26%
1 Deputados
4,12%
1 Deputados
3,76%
0 Deputados
1,22%
0 Deputados
2,62%
0 Deputados
  • Freguesias apuradas: 3092 de 3092
  • Abstenção: 63,48%
  • Votos Nulos: 0,77%
  • Votos em Branco: 1,20%

A+ / A-

Ex-diretor financeiro de Trump condenado por perjúrio

11 abr, 2024 - 00:03 • Lusa

A condenação ocorre cinco dias antes do início do primeiro julgamento de Donald Trump perante um tribunal de Nova Iorque.

A+ / A-

Allen Weisselberg, ex-diretor financeiro da Trump Organization que já fora condenado por fraudes fiscais, foi condenado esta quarta-feira novamente pelo tribunal de Manhattan a cinco meses de prisão por ter fornecido falsas informações.

Weisselberg, de 76 anos, que começou a trabalhar há 50 anos para o pai do ex-presidente dos EUA Donald Trump e que foi o diretor financeiro da Trump Organization de 2005 a 2021, já se tinha dado por culpado de perjúrio em março, tendo sido detido nessa altura.

A condenação ocorre cinco dias antes do início do primeiro julgamento de Donald Trump perante um tribunal de Nova Iorque, onde o ex-presidente responde sobre a ocultação de pagamentos para silenciar uma atriz pornográfica sobre um caso extraconjugal.

Este será o primeiro julgamento criminal de um ex-presidente dos Estados Unidos e ocorre em plenas eleições primárias para as presidenciais de novembro próximo.

Allen Weisselberg admitiu ter mentido durante o processo civil anterior de Donald Trump por fraudes financeiras, sobre o valor de um imóvel do bilionário republicano.

Nesse caso, o ex-presidente dos Estados Unidos foi condenado, em 16 de fevereiro, pelo Supremo Tribunal do estado de Nova Iorque, a pagar uma pesada multa por fraudes financeiras, por inflacionar ilegalmente o valor do seu património imobiliário para obter melhores condições de empréstimos.

Trump recorreu da condenação, mas teve de depositar uma avultada fiança perante a justiça norte-americana.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+