Tempo
|
A+ / A-

Cerca de 120 mortos e mil feridos contabilizados em sismo no Afeganistão

07 out, 2023 - 19:58 • Lusa

Responsáveis admitem temer um aumento significativo do número de mortos.

A+ / A-

O número de mortos causado pelo sismo de magnitude 6,3 ocorrido este sábado no oeste do Afeganistão subiu para cerca de 120, e mais de mil pessoas ficaram feridas, segundo um novo balanço fornecido pelas autoridades regionais afegãs.

"Até agora, foram registados mais de mil feridos, entre mulheres, crianças e idosos, e cerca de 120 pessoas morreram", indicou à agência francesa AFP Mosa Ashari, responsável pela gestão de catástrofes na província de Herat, oeste do Afeganistão.

Anteriormente, um responsável dos serviços de saúde pública da província de Herat confirmara pelo menos 14 vítimas mortais e 78 feridos, tendo ainda informado que várias pessoas estavam soterradas sob os escombros.

Nas mesmas declarações, o responsável admitiu temer um aumento significativo do número de mortos.

Cinco sismos consecutivos, de magnitude até 6,3, abalaram durante a manhã de hoje o oeste do Afeganistão.

O maior abalo ocorreu às 12:11 locais (mais quatro horas que em Portugal), a uma profundidade de 14 quilómetros e a 33 quilómetros da cidade de Zindah Jan, localizada na província de Herat.

Seguiram-se quatro réplicas consecutivas de 5,5; 4,7; 6,3; e 5,9, respetivamente, no espaço de uma hora.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+