Tempo
|
A+ / A-

Zelensky. Visita a Portugal está “nos planos, mas quando for possível”

24 ago, 2023 - 13:38 • José Pedro Frazão, enviado da Renascença à Ucrânia

O Presidente ucraniano sublinha ter pouco tempo para viajar, mas agradece a ajuda de Portugal no acolhimento de refugiados. Zelensky confirma ainda que os portugueses vão apoiar o treino dos pilotos de caças F-16.

A+ / A-

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, declarou esta quinta-feira que existe a intenção de visitar Portugal logo que estejam reunidas as condições.

“Isso está nos nossos planos, mas quando for possível", afirmou aos jornalistas em Kiev.

Numa altura em que Marcelo Rebelo de Sousa está de visita à Ucrânia, Zelensky agradece a ajuda de Portugal.

“Obviamente que devemos estar gratos a Portugal pelo apoio politico e a ajuda ao nosso povo, sobretudo como nos trataram e ajudaram, principalmente no início da guerra, quando receberam famílias, pessoas, criancas. Mas têm que compreender que eu não tenho assim tanto tempo e possibilidade para viajar. Vamos trabalhar juntos nisso”, declarou.

Zelensky sublinha, no entanto, que virá a Portugal “com gosto”.

“Já discutimos esse assunto e temos esta ideia”, acrescenta.

Portugal vai ajudar a formar pilotos e engenheiros em caças F-16

O Presidente Volodymyr Zelensky confirmou também a disponibilidade de Portugal para para participar na formação de pilotos e engenheiros ucranianos em caças F-16, refere a agência Ukrinform.

“Portugal é membro da nossa coligação de tanques e aviação. Hoje, Portugal confirmou a sua disponibilidade para se juntar à formação de pilotos e engenheiros ucranianos em aeronaves F-16”, disse o chefe de Estado do país do leste europeu.

Zelensky também discutiu com o seu homólogo português a possibilidade de expandir a cooperação em defesa, em particular no fornecimento à Ucrânia de equipamento médico blindado e equipamento de desminagem.

Além disso, o Presidente informou o líder português sobre a situação no campo de batalha e as necessidades de defesa da Ucrânia.

Zelensky destaca evolução na relação com Portugal

Zelensky mostra-se muito agradecido a Portugal e sublinha que a relação foi mudando desde o início da guerra.

"Como isto tudo muda com o tempo, como muda a nossa relação. De facto Portugal, no início da guerra, Portugal apoiou-nos, humanitariamente. Começamos o caminho para a UE através do apoio para a nossa candidatura. Havia ceticismo, não em Portugal, mas havia muitos países europeus céticos, vocês viram", referiu o Presidente ucraniano.

"Eu encontrei-me com o primeiro-ministro. Hoje é a primeira com o Presidente da República, mas eu falei com o primeiro-ministro e não foi fácil porque nós precisávamos de votos de países que realmente não acreditavam que haveria esta união dentro da União Europeia", sublinhou.

Zelensky diz que esse era "um ponto fraco" e era necessário "unir apoios na União Europeia" para a causa ucraniana, "não só em torno do apoio com material letal, mas também humanitário e político".

"Conseguimos criar uma relação bilateral tal que Portugal passou a apoiar a Ucrânia completamente", assinala o Presidente ucraniano.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+