Tempo
|
A+ / A-

Segunda-feira foi o dia mais quente de sempre

04 jul, 2023 - 23:24 • Ricardo Vieira, com agências

A temperatura média mundial atingiu, pela primeira vez, os 17,01 graus, indicam investigadores norte-americanos.

A+ / A-

O planeta Terra atingiu na segunda-feira, 3 de julho, o dia mais quente desde que há registos.

A temperatura média mundial atingiu, pela primeira vez, os 17,01 graus, indica a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica, dos EUA (NOAA).

O máximo anterior era de 16,92 graus, registado em agosto de 2016, de acordo com os dados dos Centros Nacionais de Previsão Ambiental da NOAA, que começaram a ser recolhidos em 1979.

O novo recorde foi o mais alto em qualquer registo instrumental datado do final do século XIX, de acordo com os meteorologistas norte-americanos.

Esta semana, a China está a atravessar uma onda de calor, com temperaturas acima dos 35 graus. Nos Estados Unidos os termómetros também estão em alta.

Os cientistas acreditam que o aumento da temperatura está relacionado com o regresso do fenómeno El Niño e com as emissões de dióxido de carbono.

O mês passado já tinha sido considerado o Junho mais quente de sempre.

Portugal atravessou uma onda de calor no mês passado e a Madeira registou um recorde de temperatura máxima: 39.1ᵒ Celsius a 27 de junho.

Recordes de temperatura pelo mundo

Atualmente, a temperatura mais alta oficialmente registada é de 56,7°C, no Vale da Morte, na Califórnia em 1913.

Em Portugal, o dia mais quente desde que há dados é 1 de Agosto de 2003, quando os termómetros chegaram aos 47,3 graus Celsius na freguesia de Amareleja, no município alentejano de Moura.

A 14 de julho do ano passado, a temperatura máxima atingiu um novo extremo para aquele mês em Portugal Continental, com a estação meteorológica do Pinhão a registar 47°C, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O ano de 2022 foi o mais quente em Portugal Continental desde 1931, tendo sido registadas seis ondas de calor, indica o boletim anual do IPMA.

A temperatura mais alta conhecida na África é de 55°C, em Kebili, Tunísia, em 1931. O recorde de calor na Ásia é detido pelo Irão, com 54 graus, em 2017.

A temperatura mais alta já registada na Europa foi de 48,8 graus, na ilha italiana da Sicília, em 11 de agosto de 2021.

Em 19 de julho de 2022, o Reino Unido atingiu a sua temperatura mais alta de sempre: 40,2 graus.

Em 2020, a Ilha Seymour, na Antártica, registou uma temperatura máxima de 20,7C.

De acordo com a Organização Meteorológica Mundial (OMM) das Nações Unidas, as temperaturas na Península Antártica aumentaram quase 3°C nos últimos 50 anos.

[notícia atualizada]

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+