Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Sismo na Turquia e Síria

Novo sismo na Turquia provoca um morto e 110 feridos

27 fev, 2023 - 12:14 • Teresa Paula Costa com agências

Sismo de 5.6 na escala de Richter foi registado no sudeste da Turquia, na província de Malatya.

A+ / A-

Um novo sismo de 5.6 na escala de Richter foi registado nesta manhã de segunda-feira, na Turquia, causando um morto e pelo menos 110 feridos, de acordo com um balanço atualizado pela Reuters.

Segundo aquela agência, o sismo, que atingiu a cidade de Ysilyurt, na província de Malatya, no sudeste da Turquia, foi registado pelo Centro Sismológico Euro-Mediterrânico, inicialmente com uma magnitude de 5.2, tendo o valor sido corrigido para 5.6 na escala de Richter.

O abalo provocou a morte de uma pessoa e pelo menos 110 feridos, além do colapso de mais de 20 edifícios, revelou o departamento governamental turco para situações de emergência (AFAD).

Entretanto, o autarca da cidade de Yesilyurt disse à estação de televisão Haberturk que as equipas de socorro estão, neste momento, a operar em parques de estacionamento automóvel de dois edifícios de apartamentos que ficaram danificados.



Mehmet Cinar, disse que "o pai e uma filha" ficaram "encurralados nos escombros de um edifício de quatro andares" depois de terem entrado no prédio onde moravam, na tentativa de recolherem alguns pertences.

Por isso, o Governo e o departamento governamental turco para situações de emergência apelaram à população para não tentar entrar nos edifícios danificados, devido ao risco de réplicas.

A cidade de Malatya já tinha sido atingida pelo tremor de terra que devastou várias partes do sul da Turquia e o norte da Síria a 6 de fevereiro.

Desde então, já foram registadas várias réplicas.

O abalo sísmico do início do mês, que teve a magnitude de 7.8, causou, pelo menos, 48 mil mortos na Síria e na Turquia, além de avultados danos em edifícios.

Segundo a Reuters, na Turquia, foram detidas, até este momento, 184 pessoas por cumplicidade no colapso de edifícios e as investigações ainda prosseguem.

[atualizado às 15h04]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+