Tempo
|

35,46%
47 Deputados
25,31%
29 Deputados
9,02%
7 Deputados
6,35%
3 Deputados
3,99%
1 Deputados
3,09%
1 Deputados
1,38%
0 Deputados
1,25%
0 Deputados
1,11%
0 Deputados
5,15%
5 Deputados
  • Freguesias apuradas: 2507 de 3092
  • Abstenção: 45,04%
  • Votos Nulos: 5,43%
  • Votos em Branco: 2,47%

Total esquerda: 57Mandatos
Pan: 1Mandatos
Total direita: 35Mandatos
A+ / A-

Doze portugueses saíram do Afeganistão, quatro continuam em funções no aeroporto

16 ago, 2021 - 13:50 • Redação, com Lusa

Portugal não tem, “neste momento, nenhum motivo de preocupação com essa dimensão de portugueses civis que ainda estão em Cabul”, afirma ministro Augusto Santos Silva.

A+ / A-
Com talibãs no Palácio Presidencial, centenas invadem o aeroporto de Cabul para fugir do país
Com talibãs no Palácio Presidencial, centenas invadem o aeroporto de Cabul para fugir do país

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, afirmou esta segunda-feira que dos 16 civis portugueses que estavam no Afeganistão, 12 já saíram do país e quatro continuam em funções operacionais no aeroporto de Cabul.

Doze portugueses “já foram retirados, a grande maioria trabalhava para a segurança da delegação da União Europeia” em Cabul, explicou à Lusa, adiantando que “falta retirar alguns portugueses que ainda estão em atividade operacional no aeroporto”.

Sublinhando que Portugal não tem, “neste momento, nenhum motivo de preocupação com essa dimensão de portugueses civis que ainda estão em Cabul”, Santos Silva garantiu que os que ainda estão naquele país “serão retirados proximamente, à medida que as atividades de controlo do tráfego aéreo no aeroporto de Cabul deixarem de ser responsabilidade da comunidade internacional”.

Portugal está ainda, de acordo com o ministro dos Negócios Estrangeiros, a fazer uma identificação dos afegãos que colaboraram com a comunidade internacional e que, “portanto, possam correr risco de vida ou de segurança”.

Anteriormente, a secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, também tinha avançado que ainda há portugueses no Afeganistão à espera de um voo para abandonar o país no aeroporto de Cabul.

Em declarações à TVI, a secretária de Estado disse que há ainda "quatro ou cinco portugueses" retidos no Afeganistão. A grande maioria dos 16 portugueses no país já conseguiu sair.

Berta Nunes disse que os 16 cidadãos portugueses no território "estavam todos enquadrados em missões internacionais da União Europeia e empresas de segurança do aeroporto".

Os portugueses serão resgatados através de voos militares que sobrevoam o Afeganistão para retirar cidadãos estrangeiros.

E, apesar do enorme caos que se faz sentir no aeroporto de Cabul, Berta Nunes acrescentou que estava "tudo bem" com a comunidade portuguesa.

[notícia atualizada às 15h11 - com declarações do ministro dos Negócios Estrangeiros]

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+