Tempo
|
Autárquicas 2021
34,22%
148Câmaras
13,2%
72Câmaras
10,81%
31Câmaras
8,21%
19Câmaras
5,54%
19Câmaras
4,16%
0Câmaras
2,75%
0Câmaras
1,5%
6Câmaras
1,3%
0Câmaras
14,18%
13Câmaras
  • Freguesias apuradas: 3092 de 3092
  • Abstenção: 46,35%
  • Votos Nulos: 1,58%
  • Votos em Branco: 2,50%

A+ / A-

Afeganistão. Boris Johnson pretende reunião do G7 para "unificar abordagens"

16 ago, 2021 - 21:00 • Lusa

Boris Johnson sublinhou a necessidade da comunidade internacional se reunir e adotar uma abordagem unificada sobre o Afeganistão.

A+ / A-

O primeiro-ministro do Reino Unido apelou à organização de uma reunião virtual dos dirigentes do G7 "nos próximos dias" para definir uma "abordagem unificada" sobre a situação no Afeganistão, onde os talibãs regressaram ao poder.

Boris Johnson falou com o presidente francês, Emmanuel Macron e "sublinhou a necessidade de a comunidade internacional se reunir e adotar uma abordagem unificada sobre o Afeganistão, tanto sobre o reconhecimento de qualquer futuro governo, como para impedir uma crise humanitária".

Johnson "anunciou a sua intenção de organizar uma reunião virtual dos dirigentes do G7 sobre o Afeganistão nos próximos dias, com este objetivo".

A chegada dos talibãs a Cabul no domingo precipitou a saída do país do Presidente afegão, Ashraf Ghani, após terem tomado o controlo de 28 das 34 capitais provinciais em dez dias, e sem grande resistência das forças de segurança governamentais, no âmbito de uma grande ofensiva iniciada em maio - altura em que começou a retirada das tropas norte-americanas e da NATO do país, que deverá ficar concluída no final deste mês.

Um porta-voz do movimento islâmico radical, que governou no Afeganistão entre 1996 e 2001, disse no domingo à televisão pública britânica BBC que os talibãs pretendem assumir o poder no Afeganistão "nos próximos dias", através de uma "transição pacífica", 20 anos após terem sido derrubados por uma coligação liderada pelos Estados Unidos, pela sua recusa em entregar o líder da Al-Qaida, Osama bin Laden, após os atentados de 11 de setembro de 2001.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+