Tempo
|

35,42%
47 Deputados
25,24%
28 Deputados
9,05%
7 Deputados
6,37%
3 Deputados
4%
1 Deputados
3,09%
1 Deputados
1,38%
0 Deputados
1,25%
0 Deputados
1,11%
0 Deputados
5,15%
5 Deputados
  • Freguesias apuradas: 2495 de 3092
  • Abstenção: 45,06%
  • Votos Nulos: 5,44%
  • Votos em Branco: 2,48%

Total esquerda: 57Mandatos
Pan: 1Mandatos
Total direita: 34Mandatos
A+ / A-

Afeganistão. Pentágono diz que Cabul não enfrenta "ameaça iminente"

13 ago, 2021 - 20:26 • Lusa

Os Estados Unidos estão prontos para evacuar da capital do Afeganistão por via área "milhares de pessoas por dia", acrescentou John Kirby.

A+ / A-

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos disse esta sexta-feira que a capital do Afeganistão não enfrenta "uma ameaça iminente" apesar dos rápidos avanços dos talibãs em direção a Cabul.

A cidade "não está atualmente num contexto de ameaça iminente", referiu o porta-voz do Pentágono, John Kirby, em conferência de imprensa.

O responsável pelo Departamento de Defesa reconheceu, no entanto, que os Talibãs estão a "tentar isolar Cabul".

O primeiro grupo dos três mil militares norte-americanos que o Pentágono decidiu enviar para o Afeganistão está em Cabul e a "maioria" das tropas deverá chegar até ao final do fim de semana.

"Os movimentos de tropas que anunciamos ontem [quinta-feira] estão a acontecer agora", revelou o porta-voz do Departamento de Defesa.

Os Estados Unidos estão prontos para evacuar da capital do Afeganistão por via área "milhares de pessoas por dia", acrescentou John Kirby.

Estes soldados têm como objetivo auxiliar a retirada da maior parte do pessoal da embaixada norte-americana em Cabul, perante o receio crescente que a capital afegã caia nas mãos dos talibãs nas próximas semanas.

Os talibãs conquistaram Pul-e-Alam esta sexta-feira, a capital da província de Logar, situada a apenas 50 quilómetros a sul de Cabul, assim como Lashkar Gah, capital da província de Helman, Kandahar, a segunda cidade do Afeganistão e capital da província com o mesmo nome, Feroz Koh/Chaghcharan, capital de Ghor, e Tirin Kot, capital do Uruzgan.

A maior parte do norte, oeste e sul do país está agora sob o controlo dos rebeldes, que lançaram a esta grande ofensiva em maio com o início da retirada final das tropas norte-americanas e estrangeiras, a qual deverá estar concluída até 31 de agosto.

Inicialmente, conquistaram grandes áreas rurais sem encontrarem muita resistência. Nos últimos dias, a progressão das forças talibãs acelerou, com vários centros urbanos a cair nas mãos dos rebeldes, igualmente sem grande dificuldade.

Muitos civis migraram nas últimas semanas para Cabul, que arrisca uma crise humanitária.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ivo Pestana
    14 ago, 2021 Funchal 11:34
    Uma questão de tempo.

Destaques V+