Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Calor extremo no Magrebe

Incêndios na Argélia mataram 69 pessoas. Governo decreta três dias de luto nacional

11 ago, 2021 - 22:32 • André Rodrigues

A Argélia enfrenta uma onda de calor extremo, com temperaturas a rondar os 50 graus. Os ventos fortes aceleram a propagação das chamas, o que está a dificultar o trabalho dos bombeiros e das equipas de resgate.

A+ / A-

A Argélia decretou três dias de luto nacional por causa dos violentos incêndios que assolam o norte do país e que, de acordo com o mais recente balanço, provocou, pelo menos 69 mortos, esta quarta-feira, entre eles 20 militares.

O balanço inicial apontava para 28 soldados e 37 civis mortos nos incêndios que deflagraram na noite de segunda-feira em Kabylia, na região de Tizi Ouzou.

Posteriormente, a agência de notícias argelina APS deu conta de mais quatro mortes, sem mencionar se se tratava de civis ou militares.

Já o portal de informação francófono Tout sur l'Algérie (TSA), aponta para 20 desaparecidos.

Face a este cenário, o presidente da Argélia, Abdelmadjid Tebboune, decretou três dias de luto nacional e as mesquitas do país vão dedicar a oração da sexta-feira à memória das vítimas.

A Argélia enfrenta uma onda de calor extremo, com ventos que aceleram a propagação das chamas, o que está a dificultar o trabalho dos bombeiros e das equipas de resgate.

O porta-voz da Proteção Civil argelina, Nasim Barnaui, disse esta quarta-feira que há perto de 70 focos de incêndios ativos em 17 localidades.

Os mais preocupantes são na região de Tizi Ouzou, que foi, também, a que registou o maior número de vítimas mortais.

A Argélia é afetada todos os anos por incêndios florestais. No ano passado arderam cerca de 44 mil hectares de vegetação.

Segundo o Instituto meteorológico argelino, a onda de calor extremo no Magreb vai continuar até 15 de agosto, com temperaturas que podem ir até aos 46 graus.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+