Tempo
|
A+ / A-

Sobe número de feridos em ataque num comboio, em Tóquio. Suspeito detido

06 ago, 2021 - 17:32 • Lusa

A polícia recusou-se a comentar o incidente, desconhecendo-se os motivos do atacante.

A+ / A-

O ataque com uma faca registado, esta sexta-feira, num comboio de passageiros, em Tóquio, provocou dez feridos e o autor foi detido pela polícia, segundo informações dos bombeiros e dos média japoneses.

Inicialmente, a polícia tinha divulgado que o ataque resultara em quatro feridos, dois em estado grave, mas o balanço foi, entretanto, atualizado.

Os bombeiros de Tóquio disseram que nove dos dez passageiros foram levados para hospitais próximos, enquanto o décimo pôde sair do local a pé.

Todos os feridos estavam conscientes, disseram os bombeiros, que confirmaram duas pessoas com ferimentos graves, segundo a agência Associated Press.

O suspeito tinha abandonado a faca e deixado cair o seu telemóvel quando fugiu do local.

A polícia deteve o suspeito mais tarde, em Tóquio, noticiou a estação televisiva NHK.

O esfaqueamento ocorreu por volta das 20h00 locais (12h30, em Portugal continental) perto da estação de Seijogakuen, no distrito de Setagaya, em Tóquio.

A linha de comboio é maioritariamente acima do solo, mas funciona no subsolo na zona em que ocorreu o ataque.

A polícia recusou-se a comentar o incidente, desconhecendo-se os motivos do atacante.

O incidente levou a empresa ferroviária Odakyu Electric Railway a suspender os serviços entre a área e a estação de Shinjuku, uma das mais movimentadas de Tóquio.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+