Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Desconfinamento total em Inglaterra deverá ser adiado um mês

14 jun, 2021 - 07:41 • Marta Grosso

Boris Johnson está preocupado com a variante Delta do novo coronavírus e deverá pedir aos ingleses um pouco de paciência. O fim das restrições estava previsto para 21 de junho.

A+ / A-

Veja também:


O Reino Unido poderá ter de aguardar mais um mês para dar o último passo no sentido do desconfinamento total. A informação é avançada nesta segunda-feira pela imprensa britânica, que cita fontes de Downing Street.

"É um último suspiro", afirmou uma fonte à Sky News, depois do encontro do primeiro-ministro, Boris Johnson, com o executivo e assessores da área científica. “É uma corrida direta entre a vacina e o vírus”, acrescentou a fonte.

À BBC, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Dominic Raab, disse no domingo que o Governo que andar a “entrar e sair das medidas”, defendendo que a decisão de adiar o desconfinamento deverá depender do número de infeções e internamentos hospitalares.

No mesmo dia, o primeiro-ministro britânico afirmou que a decisão sobre o adiamento da reabertura total ainda não foi tomada.

O Reino Unido deveria avançar para a última fase do desconfinamento no próximo dia 21, mas Boris Johnson deverá adiá-la para dia 19 de julho. Em causa, preocupações com a variante Delta da Covid-19, identificada pela primeira vez na Índia e que está a causar um aumento de casos da doença no país.

Segundo a Sky News, no discurso ao país, Boris Johnson deverá falar numa terceira onda de infeções por Covid-19 e sustentar que o adiamento do fim total das restrições permitirá que milhões de pessoas sejam vacinadas, enquanto outras recebam a segunda dose até ao final de julho.

Os cientistas terão, assim, também mais tempo para avaliar a variante Delta.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+