Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Cimeira NATO

Biden garante "firme apoio" dos EUA à segurança dos países bálticos

14 jun, 2021 - 17:14 • Lusa

"A Rússia não está a agir de forma coerente com o que estávamos à espera, e a China também não", disse o chefe de Estado norte-americano, numa conversa com o secretário-geral da NATO.

A+ / A-

A Casa Branca emitiu um comunicado sobre a reunião entre Biden e os seus homólogos da Lituânia, Gitanas Nausedas, e da Letónia, Egils Levits, e o primeiro-ministro da Estónia, Kaja Kallas, à margem da cimeira, indicando que os quatro "se comprometeram a fortalecer ainda mais a sua cooperação política, militar e económica, incluindo o trabalho dentro da NATO, para enfrentar os desafios que a Rússia e a China representam".

Pouco depois de chegar à sede da Organização do Tratado do Atlântico-Norte (NATO), na capital belga, Biden advertiu de que existem novos reptos para a segurança internacional que provêm da Rússia e da China.
"A Rússia não está a agir de forma coerente com o que estávamos à espera, e a China também não", disse o chefe de Estado norte-americano, numa conversa com o secretário-geral da Aliança Atlântica, Jens Stoltenberg.
No domingo, Stoltenberg adiantou que "o comportamento agressivo" da Rússia e a sua "rejeição da ordem internacional assente em normas" seria um dos pontos principais em debate na cimeira.
Após a eclosão do conflito na Ucrânia e a anexação da Crimeia, a NATO decidiu aumentar, em 2015, a sua presença no leste da Europa, com seis unidades permanentes na Polónia, Estónia, Letónia, Lituânia, Roménia e Bulgária.
Mas, ao mesmo tempo, a Aliança Atlântica aposta em manter os canais de comunicação com o Kremlin, numa relação que assenta numa dupla estratégia de "forte dissuasão" e "diálogo", disse o líder da organização.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+