Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Jogos Olímpicos e Paralímpicos não vão ter espetadores estrangeiros

20 mar, 2021 - 11:42 • Hélio Carvalho

O Comité Olímpico anunciou que todos os bilhetes comprados por espetadores de fora do Japão serão reembolsados. Limites à lotação ainda serão definidos.

A+ / A-

Os Jogos Olímpicos e os Jogos Paralímpicos a realizar-se em Tóquio não contarão com a presença de espetadores de fora do Japão. O anúncio foi feito este sábado pelo comité organizador. Os Jogos Olímpicos disputam-se entre os dias 23 de julho e 8 de agosto, enquanto que a competição Paralímpica realiza-se entre 24 de agosto e 5 de setembro.

O diretor do comité organizador, Toshiro Muto, garantiu que serão reembolsados cerca de 600 mil bilhetes para os Jogos Olímpicos e 30 mil bilhetes para os Jogos Paralímpicos. Este reembolso das autoridades pela impossibilidade de viajar para o Japão para ver as competições não incluiu compensações por eventuais cancelamentos de estadias em hotéis.

Muto não disse, nem anunciará, quanto é que este reembolso poderá custar ao Comité Olímpico Internacional.

Além disso, Muto admitiu que a organização poderá ter de reduzir o número de staff presentes nas competições, dada a menor afluência de público, sendo que essa afluência será limitada a uma lotação ainda a definir.

Apesar de espetadores não serem permitidos, a organização não exclui a possibilidade de estrangeiros que façam parte dos Jogos, seja no staff, na organização ou em empresas que apoiem as competições, poderem entrar.

A hipótese de fechar as competições ao público estrangeiro já tinha sido lançada há menos de duas semanas pelo Governo japonês, que remeteu a decisão para o comité organizador.

Os Jogos Olímpicos de Tóquio foram adiados em 2020, devido à pandemia da covid-19. A data original de início teria sido no dia 24 de julho de 2020, mas as autoridades japoneses avisaram que a edição adiada para 2021 iria sempre decorrer, com ou sem público e com ou sem pandemia.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+