A+ / A-

Mercado automóvel em Portugal cresce 26% em 2023

02 jan, 2024 - 19:39 • Lusa

No ano que passou foram colocados em circulação mais de 236 veículos. São números acima dos três anos anteriores, mas ainda abaixo dos pré-pandemia.

A+ / A-

O mercado automóvel em Portugal cresceu 26,1% em 2023, face ao ano anterior, com mais 236.053 veículos, divulgou esta terça-feira a Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

"Em 2023, foram colocados em circulação 236.053 novos veículos, o que representou um aumento de 26,1% relativamente a 2022, mas uma diminuição de 12,3% face ao ano de 2019", indicou, em comunicado, a ACAP.

Só em dezembro de 2023 foram matriculados 20.833 veículos automóveis, um crescimento de 11,3% em comparação com o mesmo mês do ano anterior.

Por categoria, em dezembro, foram registados 16.635 ligeiros de passageiros novos, mais 11,1% do que no mesmo mês de 2022. Até dezembro contabilizaram-se 199.623 matrículas de ligeiros de passageiros, um ganho de 26,9% relativamente ao período homólogo.

"De janeiro a dezembro de 2023, 51,9% dos veículos ligeiros de passageiros matriculados novos eram movidos a outros tipos de energia, nomeadamente elétricos e híbridos", detalhou.

O mercado de ligeiros de mercadorias, por seu turno, avançou 8,1% em janeiro, com 3.305 unidades. No acumulado do ano, contabilizaram-se 28.523 unidades, um aumento de 20,7% face a 2022.

Já o mercado de veículos pesados ascendeu, em dezembro, 29,6%, em relação ao mês homólogo, com 893 veículos comercializados. Em 2023, somaram-se 7.907 unidades matriculadas nesta categoria, o que corresponde a mais 26,9% face a 2022.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+