Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Parlamento Europeu

Eurodeputados do PCP promovem abaixo-assinado contra subida dos juros pelo BCE

30 jun, 2023 - 12:38 • Lusa

Os eurodeputados defendem, entre outras medidas, a interrupção e reversão do aumento das taxas de juros.

A+ / A-

Os três eurodeputados do PCP estão a promover, no Parlamento Europeu (PE), um abaixo-assinado em que contestam as subidas da taxa de juro de referência pelo Banco Central Europeu (BCE), estando anunciada novo aumento já para julho.

“Na sequência da decisão do BCE de subir a taxa de juro de referência para os 4%, após oito aumentos consecutivos, antecipando-se novo aumento em julho, os deputados do PCP no PE tomaram a iniciativa de promover uma carta subscrita por vários deputados de diversos Estados-membros e grupos políticos, dirigida ao Conselho Europeu, à Comissão Europeia e ao BCE onde denunciam os impactos das decisões do BCE”, divulga, em comunicado, a delegação comunista esta sexta-feira.

Os eurodeputados defendem, entre outras medidas, a interrupção e reversão do aumento das taxas de juros e “garantir que o impacto dos aumentos já decididos seja suportado principalmente pelos lucros crescentes do setor bancário e não pelas famílias”.

Na terça-feira, no Fórum do Banco Central, em Sintra (Lisboa), a presidente do BCE, Christine Lagarde, reiterou que a inflação na zona euro é demasiado elevada e continuará a sê-lo durante demasiado tempo, sendo que o compromisso do banco central em atingir a meta de inflação de 2% se mantém.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+