A+ / A-

Recuperar + Associações

Lisboa vai apoiar associações face a cheias e inflação. Candidaturas já abriram

25 mai, 2023 - 12:45 • Lusa

Regime extraordinário está em vigor até 30 de junho de 2023 ou até se esgotarem as verbas destinadas a esta linha de apoio.

A+ / A-

A Câmara de Lisboa anunciou esta quinta-feira a abertura de candidaturas ao programa Recuperar + Associações, para entidades do movimento associativo local, com duas linhas de apoios extraordinários de combate à inflação e recuperação dos espaços afetados pelas cheias de dezembro.

Segundo a Câmara Municipal de Lisboa (CML), estas linhas de apoio estão abertas para instituições particulares de solidariedade social, associações culturais e recreativas, clubes desportivos, entre outras entidades sem fins lucrativos do município.

A linha destinada a apoiar os espaços afetados pelas intempéries dos dias 07, 08, 13 e 14 de dezembro de 2022 irá comparticipar com até 20% a reparação e aquisição de equipamentos, a reposição de ‘stocks’ danificados ou as obras necessárias, “no limite de 10 mil euros ou 20 mil euros, se os valores forem superiores a 100 mil euros, de forma a repor as condições de funcionamento”.

A CML alertou que este regime extraordinário está em vigor até 30 de junho de 2023 ou até se esgotarem as verbas destinadas a esta linha de apoio.

A outra linha de apoio financeiro, de combate à inflação, “corresponde a 50% do valor do aumento das despesas elegíveis, com um limite máximo de 10 mil euros”.

“Esta linha permite fazer face ao aumento de despesa suportada em 2022, em comparação com o ano de 2021, nas faturas da eletricidade, gás, água, rendas não habitacionais e serviços de transporte que se revelem imprescindíveis ao desenvolvimento regular da atividade da entidade”, esclareceu a CML, salientando que este regime extraordinário está em vigor até 30 de junho de 2023 ou até se esgotarem as verbas afetadas.

As candidaturas estão disponíveis em www.lisboa.pt/recuperarmais/associacoes.

O programa Recuperar + Associações é um regime extraordinário de apoio ao movimento associativo, através do Fundo de Emergência Social e de Recuperação de Lisboa (FES/RLX).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+