Tempo
|
A+ / A-

Web Summit deste ano vai ser presencial

11 ago, 2021 - 14:00 • Redação

"A Web Summit recebeu luz verde e vai decorrer com público em Lisboa, em novembro. Vemo-nos todos em Portugal", revela Paddy Cosgrave.

A+ / A-

A edição deste ano da Web Summit Lisboa, marcada para novembro no pavilhão Altice Arena, vai ser presencial, anunciou esta quarta-feira Paddy Cosgrave.

O certame dedicado ao empreendedorismo e tecnologia volta a ter público depois de em 2020 ter decorrido em formato online, por causa da pandemia de Covid-19.

"A Web Summit recebeu luz verde e vai decorrer com público em Lisboa, em novembro. Vemo-nos todos em Portugal", revelou hoje Paddy Cosgrave, o fundador do encontro, na rede social Twitter.


"Não podíamos estar mais entusiasmados para voltarmos ao formato presencial. Ver as pessoas a contactarem pessoalmente com segurança e a reviver a magia das interações cara a cara será incrível", afirma Cosgrave.

Fonte da organização citada pela agência Reuters diz que estão em contactos permanentes com as autoridades de saúde portugueses para preparar um certame "Covid-safe", ou seja, seguro em tempo de pandemia.

Ainda não foi decidido se vai ser obrigatório usar máscara ou fazer testes para participar na Web Summit, mas o recinto está já a ser preparado para garantir o distanciamento físico possível, afirma Katherine Farrel, responsável pela comunicação do evento.

A Web Summit 2021 decorre entre 1 e 4 de novembro, no Altice Arena, em Lisboa, e vai contar com um milhar de oradores e cerca de 1.250 start-ups.

Já estão confirmadas as presenças de nomes como Brad Smith, presidente da Microsoft; Jen Wong, do Reddit; Stephen Kaufer, da Tripadvisor; o futebolista e empresário Gerard Piqué: e o primeiro-ministro, António Costa.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+