A+ / A-

Delfim: "Sporting não fica fragilizado sem Nuno Mendes"

06 ago, 2021 - 12:45 • José Barata

Rúben Vinagre deverá ser o jogador escolhido para a lateral-esquerda, por Rúben Amorim, no jogo de estreia no campeonato, frente ao Vizela, esta noite, às 20h15.

A+ / A-

Nuno Mendes está indisponível para a estreia do Sporting no campeonato, esta noite, frente ao Vizela, mas, apesar de o considerar "um jogador muito importante, uma referência", Delfim acredita que os leões não ficarão mais fracos.

"Não há um jogador igual, mas a filosofia está implementada, por isso, quem entrar irá colmatar a sua ausência", considera o antigo jogador do Sporting, em entrevista à Renascença.

A alternativa, ao que tudo indica, será Rúben Vinagre, que assim se poderá estrear pelo Sporting. O lateral contratado ao Wolverhampton jogou no Famalicão e no Olympiacos na época passada.

Além de Nuno Mendes, Rúben Amorim também não contará com Pedro Porro, que será rendido por Ricardo Esgaio.

Independentemente das ausências, Delfim aposta no triunfo sportinguista, esta noite, perante um Vizela com motivação extra.

"Vai ser um Vizela motivadíssimo por voltar ao principal escalão do futebol português, e o Sporting, mesmo tendo ganho a Supertaça, não pode desvalorizar o adversário. Apesar das dificuldades que possa ter, o Sporting tem todas as condições para ganhar o jogo", assegura.

O Sporting-Vizela está marcado para as 20h15 e tem relato na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Luta a três pelo título

Quanto ao campeonato, Delfim antevê uma corrida ao título a três e espera um bom início dos leões, após a conquista da Supertaça.

"Espero um início de campeonato empolgante por parte do Sporting, por já ter conquistado a Supertaça, onde se impôs com todo o mérito. Face à prestação do Benfica no jogo com o Spartak, e pela forma como o FC Porto terminou a época passada, prevê-se que seja um campeonato disputado a três", conclui.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+