32,08%
8 Deputados
31,11%
7 Deputados
9,79%
2 Deputados
9,07%
2 Deputados
4,26%
1 Deputados
4,12%
1 Deputados
3,76%
0 Deputados
1,22%
0 Deputados
2,62%
0 Deputados
  • Freguesias apuradas: 3092 de 3092
  • Abstenção: 63,48%
  • Votos Nulos: 0,77%
  • Votos em Branco: 1,20%

A+ / A-

Futebol nacional

"A mensagem do Artur entrou nas nossas cabeças", Sousa lembra final de 87

22 fev, 2024 - 12:05 • Luís Aresta

Campeão europeu pelo Porto confessa tristeza pela morte do antigo treinador e relembra o discurso de Artur Jorge ao intervalo da final com o Bayern.

A+ / A-

António Sousa, um dos heróis do primeiro FC Porto campeão europeu (Viena, 1987), elege a palestra de Artur Jorge, no intervalo da final com o Bayern, como o “momento alto” do treinador que esta quinta-feira cedeu à doença prolongada e partiu aos 78 anos de idade.

“Quando estávamos a perder por 1-0, o Artur teve um discurso excelente, com uma mensagem que entrou nas nossas cabeças. Realmente fizemos uma segunda parte de excelência, demos a volta e conseguimos ser campeões europeus. Essa palestra ao intervalo faz-me relembrar, e de que maneira, esse momento alto do Artur”, declara o antigo médio do FC Porto.

António Sousa soube pela Renascença e reage com pesar ao falecimento de Artur Jorge.

“É um momento triste, principalmente para os seus familiares. Deixo um voto de pesar da minha parte. O Artur foi uma figura importante do futebol nacional, tendo criado grandes amizades ao longo do seu historial. É com pena que o vemos partir”.

Uma vitória importante, na despedida de “rei” Artur

Quis o destino que Artur Jorge suspirasse pela última vez depois de o FC Porto ter conquistado uma saborosa vitória sobre o Arsenal, na Liga dos Campeões.

“É um facto, infelizmente, mas a vida é feita destas coisas. Foi uma vitória extremamente importante para o clube, numa fase algo complicada, bater o Arsenal, uma equipa de topo do futebol mundial. É certamente um momento de alegria e entusiasmo para os portistas”, assinala António Sousa, também ele rendido ao golo da vitória, desenhado com genialidade por Wenderson Galeno.

“Tem muito talento. É um golo de grande qualidade, espetacular e que dá um grande alento para a segunda parte”, conclui.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+