Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Fernando Pimenta. Presidente da República “deveria ter mais critério” nas receções ao desporto

26 ago, 2023 - 17:33 • Lusa

O canoísta luso já soma 133 medalhas em provas internacionais.

A+ / A-

O canoísta Fernando Pimenta diz que o Presidente da República deveria "ter mais critério" nas receções e condecorações aos desportistas portugueses no Palácio de Belém, sentindo-se alvo de desigualdade de tratamento.

"Sinceramente, deveria haver maior critério para ser recebido pelo Presidente da República. Fui o único medalhado dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020 que não foi recebido, justificando que já tinha aquela condecoração", ilustrou, em declarações à RTP.

Após o bronze conquistado nos Jogos Olímpicos, Fernando Pimenta não foi convidado juntamente com os restantes medalhados pelo facto de já ter recebido anteriormente a mesma decoração: "Podiam pelo menos ter feito uma chamada para me dizer 'se quiseres estar presente, vais ser recebido, não terás é outra porque esta já a tens'".

"Existe uma dualidade de critérios. Sinceramente, sinto-me um pouco mais português quando ganho, não é o mesmo quando o faço já não é a mesma coisa. Hoje venci, se calhar voltei a ser o Fernando Pimenta campeão, mas esse trabalha todos os dias e deve-se valorizar cada vez mais o desporto e os desportistas em Portugal", completou, após conquistar a sua 133.ª medalha nas maiores provas internacionais.

O presidente da Federação Portuguesa de Canoagem, Vítor Félix, acrescentou que além de ser recebido por Marcelo Rebelo de Sousa, também os F16 da força aérea o deveriam escoltar, "como fizeram com a equipa feminina de futebol" após o Campeonato do Mundo.

"Acho que, quer o Fernando Pimenta quer um conjunto de atletas do desporto português com um bom conjunto de resultados, com títulos Europeus e Mundiais, mereciam um justo e igual reconhecimento por parte da mais alta figura do Estado", sublinhou o dirigente.

Vítor Félix esclareceu que essa valorização deveria acontecer não por apenas "participarem no campeonato do Mundo, como aconteceu com a equipa feminina de futebol, mas pelos resultados e mérito desportivo dos atletas este ano, e apenas para falar disso".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+