Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Projeto de arquitetura do novo Estádio Pina Manique aprovado na Câmara de Lisboa

13 fev, 2024 - 21:51 • Lusa

Após o regresso do Casa Pia à I Liga, em 2022/23, 83 anos depois, o clube lisboeta encontrou no Estádio Nacional, em Oeiras, uma nova "casa", face à impossibilidade de poder disputar as partidas caseiras no Estádio Pina Manique.

A+ / A-

O projeto de arquitetura do novo Estádio Pina Manique foi aprovado por unanimidade na Câmara Municipal de Lisboa (CML), anunciou esta terça-feira o Casa Pia, que tenciona começar a jogar no recinto na temporada 2025/26 de futebol.

A aprovação do projeto de arquitetura teve lugar na passada quarta-feira, dia 7 de fevereiro, em reunião da CML, sendo "o resultado dos esforços, nem sempre compreendidos, da direção do clube", junto do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) e da autarquia lisboeta, a quem o Casa Pia agradece no processo que "levou o seu tempo".

"A previsão da direção do clube é apresentar até ao fim do presente mês de fevereiro os projetos da especialidade e de execução que se seguem ao projeto de arquitetura. Findo este prazo, vamos abrir concurso para a execução da obra, obtida que seja a necessária autorização da Câmara Municipal de Lisboa", explicaram ainda os "gansos", numa nota publicada no sítio oficial e assinada pelo presidente Vítor Seabra Franco.

Contudo, o dirigente salientou "o pequeno problema" de arranjar financiamento para pagar a obra, o que, caso seja ultrapassado, levará à demolição do atual Estádio Pina Manique, com a previsão para os "fins de maio ou inícios de junho do presente ano".

"As coisas são como são e não como todos gostaríamos que fossem. Quem conhece a história do Casa Pia Atlético Clube sabe que andámos a utilizar campos alheios até à construção do atual Estádio Pina Manique, e agora a história repete-se. A direção tentará regressar ao novo Estádio Pina Manique na época desportiva 2025/26. Até lá, temos que nos sacrificar e comparecer no Estádio Municipal de Rio Maior, onde temos sido bem recebidos, e continuar a apoiar a equipa principal do clube", concluiu a nota.

Após o regresso do Casa Pia à I Liga, em 2022/23, 83 anos depois da única participação na elite, o clube lisboeta encontrou no Estádio Nacional, em Oeiras, uma nova "casa", face à impossibilidade de poder disputar as partidas caseiras no Estádio Pina Manique.

Os "gansos" abandonaram o Estádio Nacional ao fim de uma temporada e, no início de 2023/24, começaram a disputar os jogos como visitados no Estádio Municipal de Rio Maior, a 85 quilómetros de distância, procurando estabilidade até à conclusão do novo recinto.

Ao fim de 21 jornadas, o Casa Pia ocupa atualmente a 16.ª e antepenúltima posição da I Liga de futebol, de acesso a um play-off de manutenção, e recebe domingo, a partir das 15:30, o Arouca, sétimo, com 28.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+