A+ / A-

Futebol internacional

​E se corre bem? Sky revela que Liverpool chegou a acordo verbal com Amorim

09 abr, 2024 - 11:52 • Hugo Tavares da Silva , Pedro Castro Alves

Na ressaca da vitória no dérbi lisboeta, a Sky Germany indica que, embora falte acertar um acordo entre clubes, se estará a discutir um contrato de três anos entre o treinador português e o gigante de Anfield.

A+ / A-

Os rumores são cada vez mais densos e a decisão de Xabi Alonso de continuar em Leverkusen terá precipitado telefonemas vários em diversas latitudes. Rúben Amorim terá chegado a um princípio de acordo com o Liverpool, segundo a Sky Germany.

Na ressaca da vitória no dérbi lisboeta que coloca o Sporting muito perto do título nacional, a Sky indica que, embora falte acertar um acordo entre clubes, se estará a discutir um contrato de três anos entre o treinador português, de 39 anos, e o gigante de Anfield.

O contrato de Rúben Amorim, um treinador que começou pelo Casa Pia e SC Braga antes de chegar a Alvalade, foi prolongado, em novembro de 2022, até ao verão de 2026, sendo que não é público o valor oficial da cláusula de rescisão do homem que eternizou a famosa frase “e se corre bem?”, aquando da apresentação como treinador do Sporting. Aponta-se, contudo, para valores entre 20 e 30 milhões de euros.

Fontes de Liverpool refutaram a história, escreve também a Sky News.

“Há uma reação mista”, admite Bruna Reis, jornalista portuguesa há mais 15 anos em Inglaterra, autora de alguns textos para vários meios, inclusive Liverpool Echo. “Alguns adeptos estão entusiasmados, outros são um pouco mais cautelosos, pois podem ser um grande risco. Há quem defesa não está preparado para dar este grande passo para substituir Klopp.”

E acrescenta: “Já ouvi alguns adeptos a dizerem que se sentem confiantes, que o estilo de Amorim encaixava no Liverpool, e outros que acham que será uma aposta melhor do que Xabi Alonso”.

É mais ou menos consensual: Alonso, o treinador que está a um passo de fazer algo histórico no Bayer Leverkusen, era o treinador mais desejado, mas recentemente indicou que se sente bem por ali, quer ajudar os jogadores e aprender mais sobre o ofício.

Amorim saltou assim para as bocas do mundo, pelo trabalho no Sporting, onde ameaça fazer uma dobradinha, depois de alguns troféus no museu e de devolver os festivos adeptos ao Marquês de Pombal 19 anos depois. O apuramento para o Jamor foi garantido numa dura semifinal contra o Benfica, o clube onde jogou largos anos da carreira e sente um carinho especial.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+