Tempo
|
A+ / A-

Inter Miami desmente a "última dança de Messi e Ronaldo"

21 nov, 2023 - 17:18 • Redação

Um conselheiro da corte saudita tinha anunciado partida entre Inter Miami e Al-Nassr em fevereiro.

A+ / A-

Um conselheiro da corte saudita tinha anunciado um jogo entre o Al-Nassr e Inter Miami em fevereiro de 2024. No entanto, o clube norte-americano desmentiu a marcação do jogo.

A partida tinha sido anunciada como "a última dança" entre Cristiano Ronaldo e Lionel Messi, os dois jogadores que dominaram o futebol mundial durante cerca de 15 anos e que se defrontaram várias vezes ao longo da carreira.

Em comunicado oficial, o Inter Miami garante que "um anúncio foi feito que o o clube iria disputar a Riade Season Cup. Isto é incorreto. A nota incluía ainda declarações que eram atribuídas ao dono Jorge Mas, que não fez qualquer tipo de comentário público ou privado sobre o assunto".

"O Inter Miami tem o objetivo de ser uma marca global. Temos estado em negociações para determinar o calendário da pré-época em 2024 e esperamos mostrar os nossos jogadores numa tour internacional que será anunciada em breve", pode ainda ler-se.

Ronaldo, de 38 anos, e Messi, de 36, defrontaram-se um total de 36 vezes na carreira, a maioria das vezes na La Liga, onde durante nove anos consecutivos foram adversários pelo Barcelona e Real Madrid.

O último encontro entre os dois foi pela mesma ocasião. Em janeiro deste ano, o PSG defrontou uma equipa de estrelas do campeonato saudita a valer o mesmo troféu. Ronaldo bisou e Messi não marcou qualquer golo.

[Atualizado às 21h24 - desmentido do Inter Miami]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+