Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Seleção nacional

Bruno Fernandes gostaria de jogar no Mundial 2030 aos 36 anos

12 out, 2023 - 17:06 • Redação

Médio acredita que "é cada vez mais difícil ser chamado à seleção nacional", mas vai tentar segurar o lugar nos próximos sete anos para jogar o Mundial em Portugal.

A+ / A-

O internacional português Bruno Fernandes quer jogar o Mundial 2030, que terá Portugal como um dos organizadores.

Nessa altura, o médio do Manchester United terá 36 anos de idade. Bruno Fernandes acredita que será cada vez mais difícil ser convocado à seleção, mas se estiver em boa forma, gostaria de jogar a prova em casa.

"O lugar vai tornar-se cada vez mais caro, os clubes apostam mais nas camadas jovens, há condições para que mais jogadores estejam nos grandes campeonatos. Nessa altura, ainda vai ser mais caro o lugar na seleção. Se estiver em condições e num nível que seja o mínimo aceitável, espero cá estar. Representar a seleção numa grande competição e no teu país é especial", disse, em conferência de imprensa.

Bruno Fernandes foi a grande figura dos últimos jogos da seleção com dois golos e três assistências frente ao Luxemburgo e Eslováquia. O médio quer continuar a ajudar a equipa.

"É sempre bom receber elogios, mas não olho muito para isso. Os mesmos que te dão elogios são os que depois criticam. Quero ajudar a equipa. Seja com golos, assistências ou só apoiar de fora. O lugar na seleção está difícil, tenho de continuar a trabalhar. Há sempre nomes que dizem que deveriam cá estar, outros que estão e não deveriam, por isso tenho de continuar", atira.

O médio dos "red devils" diz que a seleção "está sempre preparada para defrontar qualquer adversário". Portugal mede forças com a Eslováquia na sexta-feira e, caso vença, confirma o apuramento para o Europeu.

"Não tememos ninguém, respeitamos todos. Somos fortes e sabemos do que somos capazes. Os adversários no papel não são tão fortes, mas dentro de campo são 11 contra 11. O futebol continuará a dar surpresas e cabe-nos marcar golos e não sofrer. Os nomes na camisola e o símbolo não resolvem os jogos", termina.

O Portugal-Eslováquia arranca às 19h45 desta sexta-feira, com relato e acompanhamento, ao minuto, no site da Renascença.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+